Pesquise no blog:

Carregando...

Tradutor

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Viver em liberdade...


Quando ainda somos imaturos, acreditamos que ser livre é poder fazer absolutamente tudo o que desejarmos... satisfazer todos os nossos anseios, sejam eles quais forem. Na maturidade, aprendemos que a liberdade consiste numa grande responsabilidade, pois se a satisfação absoluta de nossos desejos implicar em dor ou sofrimento para outras pessoas, mais cedo ou mais tarde, a vida nos cobrará o preço de nossa inconsequência. É claro que o Livre­ Arbítrio nos permite fazer qualquer escolha, mas a consciência de que ela tem um preço, faz toda a diferença. Aos poucos, vamos aprendendo a selecionar aquilo que realmente vale a pena e do que podemos abrir mão tranquilamente. Os valores que norteiam nossa vida vão se modificando à medida em adquirimos maturidade emocional e, principalmente, espiritual. A existência espera de nós escolhas conscientes, não egocêntricas, o que significa sempre levar em conta os sentimentos alheios. É claro que o critério essencial é sempre a nossa própria felicidade e, às vezes, conquistá-­la implica em desagradar alguém. Porém, se fazemos isso de modo absolutamente sincero, expressando nossa compaixão pelo outro, ao invés de simplesmente agir de modo indiferente e egoísta, estaremos evitando a criação de um elo cármico. A consciência é a única bússola que deve direcionar nossas escolhas, sejam elas quais forem. Quando ela está presente, sempre há respeito por nós mesmos e pelos demais e, assim, as leis essenciais da vida jamais são violadas. 

Com a liberdade vem a responsabilidade. Liberdade é responsabilidade. Mas a mente é muito esperta, a mente interpreta isso do seu jeito: ela sempre dá ouvidos somente ao que quer ouvir. Ela vai interpretando as coisas à sua maneira. A mente nunca tenta entender o que é realmente a verdade. Ela já tomou a sua decisão... 
...As pessoas continuam falando sobre liberdade, mas não é liberdade o que elas querem exatamente, elas querem irresponsabilidade. Elas pedem por liberdade, mas no fundo, inconscientemente, elas pedem por irresponsabilidade, abuso de liberdade. Liberdade é maturidade; licenciosidade (abuso da liberdade) é muito imaturo. A liberdade só é possível quando você está tão integrado que você pode ter a responsabilidade de ser livre. O mundo não é livre porque as pessoas não estão amadurecidas. Osho

 Por: Elisabeth Cavalcante
Fonte: STUM 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...