Pesquisar este blog

Tradutor

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Tudo aquilo que critico...


Tudo aquilo que critico reativamente diz sobre minhas limitações...
A menos que já tenhamos desenvolvido uma grande capacidade empática que vem da transcendência do ego, toda crítica que fazemos para quem quer que seja, sempre diz sobre nós mesmos. Até porque, quando já atingimos um alto grau de consciência, tendemos a olhar para o Todo com olhos de amor e a fazer observações generosas,quando solicitadas, e nunca críticas reativas recheadas de raiva, ódio, inveja. Esses sentimentos vem das limitações do nosso ego e não do nosso SER.
Já dizia Jung que tendemos a ver nosso lado sombra projetado nas pessoas.Por isso, quanto mais negamos aspectos da nossa psique, mais aquilo que odiamos nos outros é revelador sobre nosso grau de consciência.
Assim, antes de julgar alguém, a meu ver, devemos observar o porquê aquela pessoa nos incomoda. O que existe em determinadas pessoas que tanto nos irrita ? Por que temos necessidade de atacá-las com críticas destrutivas ?
Desenvolver essa percepção é uma grande ferramenta para o autoconhecimento.
Já diz o Arly Cravo : " Ninguém é reativo ao que não teme."

Com amor, leveza e alegria,
Gisela Vallin


4 comentários :

  1. Agradeço pelas lindas e tocantes postagens! Desejo SUCESSO, SEMPRE!

    ResponderExcluir
  2. Muitos dias certas pessoas portaram-se tão mal que é de todo impossível não as criticar.
    Perdoar-lhes é uma tarefa demasiado complicada.

    ResponderExcluir
  3. Relacionar-se é como espelhar-se...
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Oi Sheila!
    Obrigada por nos trazer sempre textos tão especiais e reflexivos; fazem bem à nossa alma! beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...