Pesquisar este blog

Tradutor

sábado, 9 de março de 2013

Depressão - por Cristina Cairo


Depressão não é frescura, é tão sério que mata mais que uma guerra. A pessoa entra numa situação depressiva que ela nem percebe, ela vai definhando. 

A depressão tem disfarces. Ela tira todos os ânimos da vida, é uma névoa negra dentro e fora. 

Tudo de lindo que está acontecendo você não vê, todas as palavras magnificas que as pessoas te amam e te dizem você não escuta. 

A depressão é o maior egoísmo que existe. É uma dor intensa, parece que tudo ao redor estava contra mim eu achei que mundo estava contra mim, Deus tinha sido injusto, o pai e a mãe não sei o quê. Estava falando eu sair para o mundo para fazer caridade, falta eu ver a dor do outro. 

Uma pessoa que deixa de tomar banho 1 dia, 2 dias está com começo de depressão. Cuidado que a preguiça é uns dos fatores da depressão crônica. 

Uma pessoa que é "workaholic" que não para de trabalhar, é dinâmica, é ativa, aparentemente não tem preguiça nenhuma, ela também está em depressão. 

São dois extremos: aquele que te derruba ou aquele que te movimenta o tempo todo para você não poder pensar.

A transferência pode ser para o sexo, para o trabalho, no esporte. Ela não quer parar para olhar para dentro. Na prática da meditação você para, é morte em vida. 

Os pensamentos invadem a cabeça da pessoa por isto que o depressivo não consegue meditar.

As dietas antes-durante-depois de processos cirúrgicos existem possibilidade de algumas pessoas caírem em depressão porque seus antigos hábitos (cigarro, bebida) eram suas muletas: vícios são supridos detonam processos depressivos. 

Na depressão, a pessoa desiste da vida. perde brilho do olhar, aquela que não se cuida em nada, excesso de vaidade, compulsão por compras.

Depressão chega, se manifesta, aparece durante muitos anos e você não percebe. É quando você tem que fazer tudo o que o outro quer, e quando você cresce sobre pressão, não sabe o seu eu verdadeiro "quem sou eu", quando você sabe o que você quer mas não pode ser do jeito. 

Ao invés de usar a sua comunicação e a fé, você vai se esmagando, se oprimindo, se deprimindo. E onde seu "eu", sua "energia verdadeira" não vem mais para fora. 

O que vem é a confusão mental, a tristeza, a confusão, o desânimo mas você quer viver. Mas a sua vida que você pensa que quer ter ela está escondida. Os "disfarces".

Os "livros sagrados" sempre falam da "simplicidades de viver". 

Passagem Lucas 12,29-31 Não vos inquieteis com o que haveis de comer ou beber; e não andeis com vãs preocupações. Porque os homens do mundo é que se preocupam com todas estas coisas. Mas vosso Pai bem sabe que precisais de tudo isso. Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo. Lucas 12:29-31

Quando você se preocupa demais em não perder tudo que construiu, não prospera em nenhum sentindo ou quando está falando tudo está faltando são sintomas de depressão.

Depressão significa que você está se desviando da sua lei verdadeira interior, da sua fonte interna de sabedoria. Tudo que você está fazendo está sendo empurrado por alguém ou crenças errôneas e não está deixando fluir a sua lei interna.

Quem é você, quem você é verdadeiramente?
Faça o mapa astrológico, faça mapa numerológico. Encontre o seu caminho verdadeiro.

Adaptado do Programa Linguagem Corpo de Cristina Cairo 
no dia 24-10-2012
imagem google

-----------------------------------------

Acredito nisso!
Acredito que a depressão entra quando nosso coração sai...
Quando estamos vivendo no EGO...
Quando estamos vivendo mais nos "deverias" do que nos "eu quero"
Quando nosso coração quer outra coisa e nossa cabeça insiste que devemos ficar.
Viver a sua "verdade" acredito que esse é o primeiro passo.

Leia também: Acabe com a depressão!

12 comentários :

  1. é tudo isto resumido no que vc escreveu Sheila
    forte abraço elisa

    ResponderExcluir
  2. Nossa...sem palavras...eu me separei e sai em busca de me divertir, passear, buscar muitas coisas, mas tenho freqüentando a doutrina espirita e descobri que primeiramente quero estar próxima de Deus, me reconhecer, buscar minha identidade, sera que vou conseguir...sera que estou no caminho certo, nao quero mais este casamento que tanto me fez sofrer, sofro pelos meus filhos e tenho muito medo de depressão, fiquei mal já, levantei e cai varias vezes, tenho procurado terapias alternativas na religião e na acupuntura, homeopatia e tudo mais...desculpa o desabafo Sheila...beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sheila ! Muito interessante esse texto sobre a depressão. Meu filho ainda na passagem da adolescência para a idade madura foi arrebatado por uma depressão intensa e vivi intensamente todos os sintomas e problemas decorrentes. Há também um lado que talvez tenha que ser abordado: o lado físico, ou melhor o lado físico-químico. Existe MESMO um desequilíbrio nos neurotransmissores e se um determinado componente químico não for ministrado e na dose correta é praticamente impossível "re-erguer" quem está passando por este problema. É como querer carregar no colo um gigante sem ter uma maca e várias pessoas para ajudar...você poderá até arrastá-la, mas re-erguê-la... Corpo-alma-espírito formam uma unidade, uma Integralidade por tanto temos que atuar nos 3 aspectos para ajudar a pessoa a se a judar, a se permitir receber ajuda, a reconhecer de que precisa de ajuda e que é possível sair - com ajuda- desse furacão.
    A depressão é algo que de mansinho vai penetrando nestes 3 âmbitos... eu sempre a chamei de "inimigo silencioso", e não ataca só o coração ou só o Ego ou só...ela ataca TUDO simultaneamente, de forma devastadora e silenciosa.
    É preciso além do amor, a paciência, a persistência, a fé, a coragem,a compreensão, pois como mãe aprendi que essa é a mistura -somada à medicação - deve ser ministrada DIARIAMENTE. E tem dias que queremos desistir, tem dias que nos sentimos fracos, pequenos, abandonados,impacientes, cansados, desanimados...mas NOSSO ENTE QUERIDO ( meu filho, no caso) PRECISA de mim, pois eu ( e somente um ser que ama incondicionalmente, como uma mãe por exemplo) posso ministrar a parte do MEDICAMENTO que não é o remédio dado pelo médico, mas é o remédio que age na ALMA, criando as condições para que o remédio/terapia/ajuda etc...atue efetivamente.
    O depressivo sozinho não tem a mínima condição de encontrar-se, somente pela mão carinhosa, amorosa de outro ser humano é que ela poderá ser reconduzido para si próprio novamente.
    Uma das causas que o levaram a este quadro foi o bullying em diversas escola, mas isso é uma outra longa história.
    Hoje ele está ótimo, namorando, na Universidade (USP), cheio de planos e olhando o futuro com muita disposição, e alegria. A confiança em si próprio voltou, e isso é uma maravilha.
    Por tanto quem estiver vivendo esse tormento, acredite que conseguirá superá-lo, como nós o fizemos.
    Bjs, Liz

    ResponderExcluir
  4. olá amiga, cheguei ao seu blog através dos destaques da amiga joana, lindo teus posts.. parabéns.. a depressão é realmente complicada, uma vez que entramos temos que ter muita força para conseguir sair e comandar a vida novamente.. beijos mil e ótimo domingo..

    ResponderExcluir
  5. Adorei ler Sheila...importante pensar sobre isso!
    Beijos e te desejo uma ótima semana com muita paz!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  6. Sheila que explicação maravilhosa! Nunca pensei que fosse tudo isso...vou olhar a depressão com outros olhos de agora em diante!!bjinhos gratos

    ResponderExcluir
  7. Um bom texto mas a consideração final foi a que mais chamou a minha atenção e vejo como uma grande verdade"...Acredito que a depressão entra quando nosso coração sai...
    Quando estamos vivendo mais nos "deverias" do que nos "eu quero"
    Quando nosso coração quer outra coisa e nossa cabeça insiste que devemos ficar.
    Viver a sua "verdade" acredito que esse é o primeiro passo. Para mim foi perfeito, vivemos no achimos e muitas das vezes não avançamos. Ótimo! Bjss

    ResponderExcluir
  8. Adorei ler este texto muito importante
    e informativo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Sheila! adorei este texto e também recebi dia destes um vídeo dela falando sobre aromaterapia....lindo o trabalho! bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito bom!! Fiquei refletindo em situações que podem ser indícios de depressão, e nem nos damos conta! É bom estarmos atentos às nossas emoções e buscar aceitar viver a nossa realidade, procurando mudar aquilo que está ao nosso alcance.

    Beijos!! ♥

    ResponderExcluir
  11. É muito triste uma pessoa deprimida...ela perdeu a alma...
    seu coração está vazio...ela não vê cores, sabores, aromas...
    ela não escuta amigos, familiares...ela perdeu a confiança no
    divino...ela não se ama e não ama ninguém...nem a vida!

    ResponderExcluir
  12. Sheila, continuando nesta manhã lendo e passeando em ricos textos. Estou passando o link do seu blog, das postagem para uma pessoa que precisa muito, espero que ela venha até aqui e leia com atenção.
    Prosseguindo...

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...