Pesquisar este blog

Tradutor

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Um caminhar mais livre...

A vida sempre nos dá lições preciosas para o nosso crescimento, mas algumas fazem tanta diferença que são um marco entre um tempo e outro.
Uma das lições mais preciosas que vivenciei, foi quando me dei conta que a opinião do outro sobre mim, ou sobre coisas que me são importantes, são só um ponto de vista, e não têm o poder de mudar o que eu realmente sou...

É que muitas vezes nos sentimos valorizados ou desvalorizados com o julgamento do outro, e isso, conforme o caso, tem o poder de nos colocar muito para baixo... Como se a opinião do outro fosse verdade absoluta e, se for uma avaliação que consideramos negativa, vinda de alguém que temos consideração, pensamos erroneamente que aquilo nos diminui de alguma forma...

Quando um dia, diante de um comentário assim, que poderia me deixar triste, vi-me quase indo pelo caminho de me sentir depreciada e para baixo, até que, por um segundo de lucidez, percebi que aquilo era só um ponto de vista, e que não tinha o poder de me afetar... a não ser que eu desse importância suficiente a esse ponto de vista para me sentir desvalorizada por ele.

Foi quase mágico o que se operou dentro de mim por aquela constatação... não é porque alguém fala algo... que aquilo vai mudar o que você realmente é.
Não é porque eu gosto do azul e a outra pessoa gosta do amarelo, que isso vai qualificar ou desqualificar uma dessas cores; elas são o que são, independente do meu gosto...

E a partir daí, você pode receber o que vem do outro com mais leveza e aprendizado, sem, no entanto, deixar que aquilo o tire do eixo... você começa a respeitar mais o sagrado ponto de vista do outro como apenas mais um ponto de vista e começa a não querer defender tanto suas idéias... porque sabe que é somente o seu ponto de vista entre tantos outros... E a partir daí você até presta mais atenção e tira melhor aprendizado, porque passa a se abrir para o que o outro realmente quis dizer.

Temos a mania de receber tudo de forma muito pessoal, e vamos perceber que não precisamos levar tudo tão a sério, tão a ferro e fogo.

Li uma vez em uma apostila sobre a raiva, algo mais ou menos assim: se alguém lhe fala que seu nariz é grande, e se ele é mesmo, por que deixar se afetar por isso? Se ele não é grande por que deixar se afetar por isso? O que o outro fala, sendo verdade ou mentira, não vai mudar o tamanho do seu nariz.

Nesses tempos de tantas mudanças, onde já temos tantos problemas, saber lidar com a ação do outro, pode ser muito precioso e evitar muitas amolações...
Muitas vezes, o outro não tem nenhuma intenção de magoá-lo e, conforme suas crenças, você recebe aquilo de forma negativa... Não é o que o outro faz, mas como você recebe o que o outro faz que o deixa bem ou mal.

O que se manifesta fora também está dentro... e se o outro fala algo que nos deixa tristes, é porque, de alguma forma, uma parte nossa também tem aquela opinião temos também aquela crença.
Mas é só uma crença, e não representa quem verdadeiramente somos... e é uma oportunidade de libertar mais uma coisa que ainda nos limita...

Ao aceitarmos o que vem de fora, sem colocarmos um peso excessivo, para o negativo ou para o positivo, sabendo que fomos nós que atraímos aquela situação, que está em sintonia com algo que também está dentro de nós, com a consciência que aquilo não tem nenhum poder de afetar a nossa verdadeira natureza, vai tornar muito mais leve nossa vida e mais livre nosso caminhar.

Texto de Rubia A. Dantés


Simplesmente P E R F E I T O!!!! Concordo com cada palavra, cada vírgula!

Vai para minha lista de favoritos!!!


5 comentários :

  1. Lá, sheila

    Lendo o seu texto aprendi que as coisas são como são e que não devemos dar muita importância ao que os outros dizem, pois as verdades continuarão sendo verdades e se não forem nada irá mudar. Devemos aprender a dosar nossas crenças, nossas emoções e viver melhor.
    Querida, um bom feriado, muita luz!
    ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Sheila!

    Sempre existirá opiniões diferentes.
    Mesmo porque ninguém é igual a ninguém.
    O mais importante é estarmos de bem com nós mesmos.
    Isto é o mais importante, sempre.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto!
    Cada um tem a sua verdade, relativa...pois a verdade absoluta, só Deus. Então, porque dar tanto valor o que dizem os outros?
    Ninguém dirige minha vida se eu não permitir, não é mesmo?

    Uma excelente semana, Anjo!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi Sheila...

    Eu tbm gosto de ler sobre feng shui, mas na verdade ele diz que ter plantas no banheiro é ótimo.
    Veja um trecho:
    "O banheiro é considerado um ladrão de energia da casa, por ser um lugar de troca de energia. Há um a grande concentração de energias negativas. Com pequenas correções os problemas podem ser resolvidos.

    Mantenha plantas no banheiro. Elas ajudam a absorver as energias negativas."

    ^^

    Só achei que tu gostaria de saber!

    =D

    Pena que aqui em casa meu banheiro mal tem espaço pra gente, que dirá pra planta! rsrsrs

    Muito boas energias pra você!

    Bjus
    @OMundoDeCaliope

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a sua lista de favoritos! (risos)

    E viva a diferença!! o que seria do amarelo se todos gostassem só do azul?

    E por isso eu amo "gente", pessoas, conhecer ou imaginar os pontos de vistas de cada um, acho tão interessante.
    Os seres humanos são um baú de aprendizados...um rico baú...

    Beijos, linda! com carinho...
    Liz

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...