Pesquisar este blog

Tradutor

domingo, 30 de junho de 2019

Jejum Existencial



Fala-se muito em Jejum intermitente para emagrecer...mas não se fala de um tipo de jejum que traz os melhores benefícios...

É o jejum existencial. 
Não para ficar magro, e sim para ficar leve.

As pessoas se empanturram de encrencas, sem levar em conta a inteligência emocional. Já ouviram falar vagamente a respeito, acham que todo mundo é beneficiado por ela, mas, na prática, continuam investindo no autoboicote, e dá-lhe vida pesada. 
Jejum é a solução. Jejum salva.

Passe 12, 14, 16 horas sem pensar que estão te perseguindo, sem fazer fofoca dos outros, sem criar confusão, sem levantar a voz, sem acreditar que é mais sabido que os demais, sem achar que o mundo lhe deve favores e reverências, sem chatear a humanidade. O que é um chato? Cada um tem uma definição. A minha: é aquele que acha que todos estão interessados no que, na verdade, só a ele interessa. Então, corte as minúcias, corte o egocentrismo, corte a soberba, corte a desconfiança, corte a brutalidade, corte a deselegância, corte a impaciência, corte a arrogância. O que sobra? Um cara querido, uma garota fácil de lidar, gente bem-humorada sem nariz empinado. O que sustenta essa gente? A autoestima. Ninguém precisa ser grosso para ser visto. Ninguém precisa ser exibido para ser amado.
Corte queixas, implicâncias e a tendência a rugir por besteiras. Não seja o terror das reuniões, o namorado estressado das festas, a sobrinha que faz longos discursos durante o churrasco, a vítima de sempre no grupo de WhatsApp, o magoado eterno. 
Evite colocações inoportunas e não procure cabelo em ovo. Que ovo? Jejum! Por 12, 14, 16 horas seguidas, não crie caso. Duas vezes por semana, procure não ser tão pessimista, alarmista, ranzinza. Deixe o celular carregando em casa e vá dar uma volta a pé no quarteirão para descarregar-se. Emagrecer é difícil, perder peso não é.

Trecho do texto de 
Martha Medeiros

sábado, 22 de junho de 2019

Aprendi...


Aprendi a observar e a ouvir mais do que falar.
Entendi que ter voz, também é saber calar. 
Barulho não é sinônimo de sabedoria. 
Decidi me importar menos com o que de fato não merece minha atenção.
Percebi que às vezes a abundância pode ser minimalista. 
Aprendi a valorizar a qualidade, o conteúdo mais do que a quantidade. 
Entendi que luxo é ter amor. 
Sucesso é ter paz.
Aprendi que ostentar riqueza material é o jeito mais triste de tentar ser feliz. 
E que o status de maior prestígio é aquele em que, para ser, não precisa ter. 
Entendi que só posso experimentar a liberdade, quando me permitir viver a vida que eu escolhi.
Aprendi que a gratidão é a pílula para alma doente e que a felicidade vem quando aquilo que pesa, sufoca e bloqueia, vai ...

Wandy Luz
imagemdaqui


quinta-feira, 20 de junho de 2019

Não se distraia do que realmente importa...



É sempre fácil
examinar as consciências alheias,
identificar os erros do próximo,
opinar em questões que não nos dizem respeito,
indicar as fraquezas dos semelhantes,
educar os filhos dos vizinhos,
reprovar as deficiências dos companheiros,
corrigir os defeitos dos outros,
aconselhar o caminho reto a quem passa,
receitar paciência a quem sofre
e retificar as más qualidades de quem segue conosco...

Mas enquanto nos distraímos,
em tais incursões a distância de nós mesmos,
não passamos de aprendizes que fogem, levianos, à verdade e à lição.

Despertemos, a nós mesmos,
acordemos nossas energias mais profundas
para que os ensinamentos de luz
não seja para nós uma bênção que passa, sem proveito à nossa vida,
porque o infortúnio maior de todos
para a nossa alma eterna
é aquele que nos infelicita quando a graça do Alto passa por nós em vão!

Chico Xavier 

quarta-feira, 12 de junho de 2019

E para celebrar o amor...


No dia de celebrar o amor, nada melhor do que celebrar um amor muito importante, o amor que sem ele todos os outras formas de amor ficam incompletas:
O amor próprio! 
Ame-se o suficiente para gostar da sua companhia, para dizer um “não”, para se respeitar, para saber que merece mais! 
Mas principalmente: ame-se o suficiente para se abençoar!

Feliz dia! ❤️

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...