Pesquisar este blog

Tradutor

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Andamos mimados demais!


Andamos mimados demais! 
Se o outro não veio, é porque não se importa com você. Se veio e foi embora cedo, é porque achou sua festa chata. Se não respondeu logo sua mensagem, é porque está te evitando. Se não quer mais sair com você, é porque quer te ferir. Se não te convidou para algo, é porque quer te atingir...
Socorro! Como nos tornamos tão autocentrados? 
E o pior... sofremos muito por isso.

Só enxergamos a nós mesmos. Nem consideramos a possibilidade do outro existir. De ter motivos que desconhecemos para agir dessa ou daquela maneira. 
Acreditamos, como crianças, que tudo gira ao nosso redor. Nos colocamos no centro do Universo e decidimos que tudo que o outro faz está focado em nós.
Cegos que estamos, criamos cenários imaginarios, com um ponto em comum: "Nós somos as vítimas e o outro... é nosso algoz."
Sofremos. Destruímos relações que tinham tudo para se desenvolver. Caluniamos pessoas. Contamos histórias distorcidas. Deixamos um rastro de destruição atrás de nós.
Precisamos acordar. Parar de interpretar a vida a partir de nossa cegueira.

Olhe para o outro. TEM ALGUÉM LÁ!... Com seus desafios, suas feridas, suas dores, com suas forças e fragilidades, com suas limitações Alguém como você. Tentando fazer o melhor que pode. 
Se o melhor do outro fica muito aquém da sua necessidade, você pode se afastar. Você tem TODO O DIREITO de escolher não conviver com alguém, se sente que aquela relação lhe é nociva.
Mas isso NÃO DÁ a você o direito de responsabilizar o outro por não ter correspondido às suas expectativas. Tampouco isenta você de viver as consequências da sua incapacidade de enxergar para além do seu próprio umbigo (é isso que você faz quando cria expectativas, tenta encaixar o outro no papel que lhe atribuiu e depois o crucifica por ter falhado nisso). 
Ouça. Fique atento para evitar essas armadilhas, se quiser preservar suas relações. 
Não julgue. Não acuse. Não cobre. Não condene.
Saiba. O território do outro é um espaço sagrado ao qual você não tem acesso.
Apenas permita.
Exercite o amor.

texto de Patricia Gebrim

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O mundo gira...


Sou fã das voltas que o mundo dá.
Não adianta, por mais tempo que passe, por mais idas e vindas...
Ah, meu amigo… o mundo gira!

Matheus Rocha

sábado, 20 de janeiro de 2018

O "assim-é" da vida


"A vida é um fluxo, nada permanece.
Contudo, nós somos tão tolos, que continuamos a nos apegar.
Se a mudança é a natureza da vida, então, apegar-se é estupidez, porque seu apego não vai mudar a lei da vida. Seu apego irá apenas torná-lo miserável.
As coisas estão fadadas a mudar: quer você se apegue ou não, não importa. Se você se apega, você se torna miserável: você se apega, elas mudam e você fica frustrado.
Se você não se apega, elas ainda assim mudam, mas, então, não há nenhuma frustração, porque você está perfeitamente ciente de que elas estão fadadas a mudar.
É assim que as coisas são, este é o "assim-é" da vida."

Osho

domingo, 14 de janeiro de 2018

Aniversário, Esperança e Coldplay



É amigos...hoje sopro as velinhas novamente!
A vida não para! Quando a gente vê...
E seguimos com o coração cheio de esperança.
Acreditando que coisas grandiosas estão por vir!
Ainda bem né?
Esperança...essa é a palavra. 
Ela tem que estar dentro do coração para nos fazer olhar pra cima, pro alto, para as estrelas.
Acreditando...sempre acreditando...
Mas nunca esqueço de viver o presente da forma mais bonita...
Como ele tem que ser vivido.
Com o a alma cheia de gratidão e fé.

E já que estou de aniversário...tenho direito de pedir música.
A trilha sonora de hoje, é da minha banda preferida: Coldplay 
E a música só poderia ser UP&UP...
Que fala exatamente sobre isso...da esperança que não pode morrer. 
Que apesar das rasteiras da vida, acreditamos que sempre algo melhor pode acontecer! 
E acredite amigos...acontece mesmo! 
Eu acredito! 
Parabéns pra mim....
e beijos para todos! ☺


sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Quando o filho diz em seu íntimo aos pais...


"(...) quando o filho diz em seu íntimo aos pais: "Eu tomo a vida de vocês assim como vocês a receberam de seus pais e mais para trás de todos os seus antepassados, com tudo que isto traz consigo em termos de possibilidades e limitações, em alegria e tristeza, em tarefas e em ganhos e no preço inevitável. Vocês são os pais unicamente possíveis e unicamente certos para mim. Portanto tomo-os como meus pais da maneira que vocês são, como os únicos e melhores para mim". Neste instante toda a força dos pais poderá fluir para o filho, e o filho se sente enriquecido e realizado através de seus pais, e os pais se sentem assim através de seu filho. Naturalmente, os pais também têm suas falhas. Também eles, como todos os seres humanos, estão limitados em suas possibilidades devido a sua origem e a sua história e principalmente por sua culpa pessoal. Por mais estranho que isto possa parecer, isso não os diminui e sim os engrandece, pois pais imperfeitos transmitem mais a realidade da vida do que pais perfeitos. Se de um lado não tornam a vida fácil para os filhos, por outro lado os preparam de modo abrangente para a vida real. Assim, quem concorda com seus pais da maneira que são, quem os respeita da maneira que são, quem os aceita também com aquilo que eles lhe impõem e dele exigem ganha, através disso, toda a força que lhe puderam prover". 

Bert Hellinger
imagem:google

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Ninguém ama alguém que não se ama...


NINGUEM AMA ALGUÉM QUE NÃO SE AMA

A pessoa que ama a si mesma se torna graciosa, elegante. A pessoa que ama a si mesma é destinada a se tornar mais silenciosa, mais meditativa, mais devotada do que a pessoa que não ama a si mesma.
Se você não ama a sua casa você não a limpa; se não ama a sua casa não a pinta; se não a ama não a circunda com um belo jardim, com uma lagoa de lótus. Se você se ama, criará um jardim ao redor de si mesmo. Tentará aumentar seu potencial, tentará demonstrar tudo o que está dentro de você para ser expressado. Se você ama, continuará banhando a si mesmo, nutrindo a si mesmo.
E se ama a si mesmo, ficará surpreso: os outros amarão você. Ninguém ama uma pessoa que não ama a si mesma. Se não pode nem amar a si mesmo, quem mais vai se importar?”

Osho
imagemdaqui


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...