Pesquisar este blog

Tradutor

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Exercício para ser feito na virada do ano


Escreva em um círculo de papel em letra de forma e maiúscula.
O tipo de papel utilizado ficará a seu critério.
Comece dirigindo o pedido ao Criador.
Escreva seus pedidos como se fosse um diário: o que você deseja, seus planos etc. Não se importe com as rasuras. Use sempre os agradecimentos no tempo do verbo presente.
Não escreva as palavras no tempo futuro, como também evite palavras do tipo: “não”, “jamais”, “dívida”, “sonho” etc.

UM EXEMPLO DO QUE “NÃO” DEVE FAZER:
1 – Gostaria de arrumar um emprego melhor.
2 – Quero emagrecer.
3 – Quero encontrar um namorado.
4 – Quero melhorar minhas finanças.
5 – Quero fazer a viagem dos meus sonhos.

O CORRETO É:
QUE TODAS AS PESSOAS QUE TENHAM OS MESMOS DESEJOS QUE EU TAMBÉM SEJAM ATENDIDOS.
. Obrigado(a) pela Saúde perfeita - 1814321
. Obrigado(a) pela Proteção Divina 8888
. Obrigado(a) pelo emprego bem remunerado 218 494517601
. Obrigado(a) pelo peso ideal 4812412
. Obrigado(a) pelo amor harmonioso – 888 412 1289018
. Obrigado(a) pela abundância financeira 318 798
. Obrigado(a) pela viagem maravilhosa (especificar um lugar definido).(894 719 78 48 alcançar metas)

CONCLUA SUA LISTA COM OS CÓDIGOS DE SUA PREFERÊNCIA*
Depois de pronto, espere a hora da virada para fazer sua mentalização e queime seu círculo… Assim, o pedido se transformará em um vértice de energia, atuando de forma psíquica no inconsciente para que tudo dê certo.


No final diga : De agora e para sempre até o infinito!

Espere a resposta que poderá acontecer de várias maneiras: através da intuição, de um amigo ou de alguma referência do pedido.Você verá que a maioria dos pedidos se realizará .

Lumena Brizzi Guedes


* Os códigos que Lumena se refere, são os Numeros de Grabovoi,
 saiba mais sobre esse assunto - AQUI 

Com os pedidos lançados ao Universo...Pensamentos positivos...e muito amor....
Feliz 2018 amigos! <3

sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal e um poema...


"...Quando a gente ouve uma história que nos comove, ela entra dentro da gente, faz a gente rir, faz a gente chorar, faz a gente amar, entra dentro da gente e se aloja no coração. A História do Natal é assim, muito simples: Um menininho que nasceu em meio aos bois, vacas, ovelhas, cavalos, jumentos... Era um menininho pobre. Mas diz a história que quando ele nasceu aconteceu uma mágica com o mundo: as árvores se cobriram de vaga-lumes, as estrelas brilharam com um brilho mais forte, e até uns reis deixaram os seus palácios e foram ver o nenezinho. A visão do menininho os transformou.
Os adultos, que ao falar sobre Deus, imaginam um ser muito grande, muito poderoso, muito terrível, ameaçador, sempre a vigiar o que fazemos para castigar depois. Pois o Natal diz que isso é mentira. Deus é menino. Ele está muito mais próximo de nós. E foi ele que, depois de crescido, disse que para estar com Deus bastava voltar a ser criança. 
Na noite do Natal, antes de abrir os presentes, antes de começar a comedoria, peça para alguém lhe contar a história do menininho...
E, se ninguém souber contar, leiam esse poema sobre o Menino Jesus, escrito por um poeta que queria ser menino."

Tive um sonho. 
Vi Jesus Cristo descer à terra.
E era outra vez menino.
A correr e a rolar-se pela erva
E a rir de modo a ouvir-se de longe.
Ele tinha fugido do céu.
Um dia que Deus estava a dormir
E o Espírito Santo andava a voar,
Ele fugiu para o sol
E desceu pelo primeiro raio que apanhou.

Hoje ele vive na minha aldeia comigo.
É uma criança bonita de riso natural.
Limpa o nariz ao braço direito,
Brinca nas poças de água,
Colhe flores...
Rouba fruta dos pomares...
A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas...

Ele mora comigo na minha casa.
Ele é a Eterna Criança, o Deus que faltava.
Ele é o humano que é natural.
Ele é o divino que sorri e que brinca.
E por isso é que eu sei, com toda a certeza
Que ele é o Menino Jesus verdadeiro.
Criança tão humana que é divina.
E é porque ele anda sempre comigo que eu sou poeta sempre,
E é por isso que o meu mínimo olhar
Me enche de sensação,
E o mais pequeno som, seja do que for,
Parece falar comigo.

A Criança Nova que habita onde vivo
Dá-me uma mão a mim
E a outra a tudo que existe
E assim vamos os três pelo caminho que houver.
Saltando, cantando e rindo
E gozando o nosso segredo comum
Que é o de saber por toda a parte
Que não há mistério no mundo
E que tudo vale a pena.

A Criança Eterna acompanha-me sempre.
Vivemos juntos os dois,
Com um acordo íntimo.
Ao anoitecer brincamos com as cinco pedrinhas,
No degrau da porta de casa.
Depois eu conto-lhe histórias das coisas só dos homens
E ele sorri, porque tudo é incrível...

Depois ele adormece e eu deito-o.
Levo-o ao colo para dentro de casa
Ele dorme dentro da minha alma
E às vezes acorda de noite
E brinca com os meus sonhos...
Sorri para o meu sono.

Quando eu morrer, menino,
Seja eu a criança, 
Pega-me tu ao colo
E leva-me para dentro da tua casa.
Despe o meu ser cansado e humano
E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.
E dá-me sonhos teus para eu brincar
Até que eu nasça qualquer dia
Que tu sabes qual é.

Esta é a história do meu Menino Jesus...

Alberto Caeiro

Desejo a todos um Feliz Natal 
E que a criança que te habita esteja sempre viva, com os olhos atentos, 
cheia de vontade de viver! 


sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Parabéns Passarinhos!



E né que se passaram 8 anos gente!
Sim amigos!!! 8 anos que eu resolvi criar essa blog.
8 anos compartilhando mensagens, textos, minha vida...
Agradeço, de coração, a todas que me acompanham aqui e nas redes sociais.
Gratidão pelo carinho!
Então...Vida longa aos Passarinhos! 
Palmas! 
plac plac plac plac  :)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O Advento...


Hoje começa oficialmente o advento. 
É um período em que as pessoas se preocupam em limpar e enfeitar suas casas para o Natal. 
Mas é muito mais do que isso.
É um período em que devemos fazer faxina também em nossas almas e nossos corações. 


Tirar a poeira e teias de aranha da casa, enquanto tiramos os maus sentimentos de nossos corações: ódio, mágoa, ressentimento, inveja, egoísmo…
Afastar os móveis para fazer a limpeza, e também afastar atitudes negativas como pré-julgamento, rejeição, condenação, críticas, grosseria, mentiras, maledicência, avareza, cinismo…


Limpar as janelas e limpar também o olhar, para realmente ver as pessoas à sua volta e prestar atenção aos sentimentos delas e às suas necessidades. 
Terminada a limpeza, aí sim iniciar a decoração.
Encher o coração de amor, ternura, respeito, compaixão e carinho. 
Encher-se de atitudes positivas como acolhimento, gentileza, generosidade… 
Tentar transmitir às pessoas, próximas ou distantes, sentimentos como autoestima, confiança, paz… 
Então, quando o dia de Natal chegar, estaremos preparados para dizer: 
pode entrar, seja bem-vindo, Senhor Jesus!

Texto de Maria Amélia Ruiz
imagens: google


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...