Pesquisar este blog

Tradutor

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Meu Abusador não é um monstro!


Meu Abusador não é um monstro!
Aconteceu quando eu tinha oito anos. Me perdi da minha mãe no mercado e ele me encontrou. Ele apalpou minha vagina, pressionou seu corpo contra as minhas costas e tentou me levar pela mão. Levei muitos anos até criar coragem para contar o que houve para conhecidos. Desde então, preciso escutar a mesma resposta: “nossa, você foi vítima de um monstro.”
Mas meu abusador não é um monstro. Meu abusador possui nome, endereço e carteira de identidade, exatamente como eu e você. Mesmo assim, as pessoas preferem dizer que ele não é humano.
Preste atenção nas notícias envolvendo abuso de menores. Das centenas de comentários na reportagem sobre a menina que foi abusada pelo padrasto, o que mais faz sucesso é aquele em que alguém afirma que “um homem de verdade não faz uma coisa dessas”.
Não faz?
Da próxima vez em que você se deparar com um comentário desses, faça um favor a todas as vítimas:
Não retire a humanidade dos abusadores.
Enquanto dissermos que estupro é coisa de monstro, crianças não conseguirão denunciar seus agressores. Afinal, aquele tio que passa a mão na sobrinha é tão querido com todos! Na cabeça da menina de quatro anos, ele não pode ser um monstro. O paizão que faz churrasco no final de semana e espanca os filhos ao chegar em casa também não deve ser um monstro, todos gostam dele!
Eles não possuem garras afiadas e nem olhos assustadores. Eles não têm dentes pontiagudos e nem escamas. Abusadores jogam bola com os vizinhos no final de semana. Abusadores também são os queridões da turma. Abusadores frequentam o culto aos domingos. Abusadores são tios, primos, pais, padrastos. São médicos, advogados, taxistas, servidores públicos.
Abusadores estão por todo lugar, e talvez estejam mais próximos do que você imagina.
Resista à tentação de comentar que alguém que molesta uma criança é um monstro. Crianças não possuem a mesma abstração que você, e podem nunca vir a identificar agressões de um homem ou mulher, caso você afirme que quem maltrata um inocente não é um ser humano.
Monstros vão embora com cobertores e abraços.
Molestadores, não.

Texto de Natália Rosa Nodari

- Filho ninguém tem o direito de tocar em você. Ninguém pode fazer isso. Só depois quando você crescer e for um adulto, daí sim você vai escolher quem vai te tocar. Enquanto você for criança, ninguém pode fazer isso! Ninguém mesmo!!! E fale pra mamãe se alguém tentar. Combinado?

Essa foi a conversa que tive com meu filho de 4 anos. Acho que essa conversa tem que existir com os pequenos. Eles devem ser alertados. Devem saber que existe esse tipo de coisa. 
É uma porta que tem que ficar aberta, para que eles se sintam confortáveis em falar se algo acontecer.
Quando li este texto da Natália, achei forte e muito verdadeiro. 
Essa semana algo semelhante aconteceu com uma menina de 5 anos em um supermercado em Porto Alegre. Enquanto ela estava distraída olhando uma gôndola um senhor se aproximou e abusou dela rapidamente. Foi preso. 
E era um senhor com família, perfil no facebook, com filhos...Alguém aparentemente normal.
Os abusadores estão por aí...e muitas vezes mais próximo de que imaginamos. Acima de qualquer suspeita. Lobos disfarçados, em pele de cordeiro. Senhores com cara de bonzinho, comprando biscoitos no supermercado...
Humanos sim! Mas com a alma repugnante.


domingo, 17 de setembro de 2017

O Veneno das relações...


Excessos de críticas: o túmulo dos relacionamentos!



Ok.Ok.Ok. Algumas críticas são necessárias. Não dá para aturar tudo de boca fechada. Algumas críticas são importantes para o crescimento do parceiro e o bem-estar da relação. Por outro lado, algumas pessoas criticam excessivamente , quase que por vício. Precisam comentar qualquer gesto que o outro faça. Precisam jogar na cara as menores falhas do parceiro. Se qualquer detalhe sair do esquema que elas desejam, o tempo fecha. Caras feias são feitas. Escorpiões saem pela boca. Outros preferem criticar na forma de piadas bobas e sem graça que magoam do mesmo jeito ou até mais.

Corrigir um erro de Português, por exemplo, é benéfico. Por outro lado, tirar sarro quando o outro comete um erro é muito chato. Esculhambar a pessoa porque ela carece de alguma habilidade também é terrível. Fazer piadinhas para o parceiro sobre sua aparência é o túmulo do desejo. Ironizar falhas de memória, falta de coordenação motora, falta de conhecimentos em áreas que são importantes para nós, mas nem tanto para o outro, é entristecedor.  

E se as críticas e piadas forem feitas perto de outras pessoas, pior ainda. Além do desejo, morre a cumplicidade, a confiança.

É um horror ver homens e mulheres ironizando e criticando o jeito de ser dos parceiros sem papas na língua, sem demonstrarem o menor respeito ou empatia por seus defeitos, por suas dificuldades e limitações. Mais terrível ainda é ver que as mesmas pessoas que criticam sem o menor pudor, sem o menor constrangimento, que não filtram aquilo que elas vão falar, muitas vezes, são as mais sensíveis na hora de receberem uma crítica. Enfim, despejam no outro aquilo que elas não suportam que seja despejado nelas.

Conversar sobre problemas graves, incentivar o parceiro a crescer como ser humano são atitudes inteligentes, promovidas por pessoas que querem aprimorar a relação, aparando arestas e evitando que questões pequenas tomem proporções maiores por falta de um bom papo. Por outro, passar o dia criticando em nada ajuda. Muito pelo contrário. A pessoa vai criar uma resistência tão grande ao outro que quando ouvir uma crítica construtiva, que vale a pena ser ouvida, vai ignorar porque já está saturada, de saco cheio. Mesmo que o parceiro queira realmente ajudar, a pessoa excessivamente criticada já não consegue mais confiar no conselho do outro. Tudo vira um grande blá blá blá.

Sim, o excesso de críticas é o túmulo dos relacionamentos, mesmo quando as pessoas continuam juntas. Estar junto, vivendo debaixo do mesmo teto ou namorando há séculos, não é prova definitiva de harmonia e felicidade. Sim, tem muita gente que por variados motivos se sujeita a ser saco de pancada do parceiro.
E normalmente, quem critica demais, não está bem consigo mesmo. Olhar para o outro , apontando os seus defeitos a todo momento, é uma maneira de não olhar para si. De não encarar aquilo que incomoda em nós mesmos.

Texto de Silvia Marques
Fonte: O Segredo
imagem: google

----------------------------------------

Sem duvida a Crítica acaba com as relações, não só amarosas. 
É um saco estar perto de alguém que a qualquer momento te critica, te julga e te condena.
Mas existe um outro tipo de critica que o texto não citou, que acaba com as relações de uma forma silenciosa...que é a crítica mental. 
Se você critica seu parceiro(a) mentalmente, você cria uma atmosfera mental venenosa ao seu redor.
Somos energia, nosso pensamento é energia. Portanto, não precisamos falar nada para minar nossa relação. A pessoa sente vontade de se distanciar, e nem sabe porque. 
As mentes se comunicam sem que uma palavra seja dita.
Se a sua relação não está legal e você quer fazer algo para mudar essa situação, então comece por isso! Acabe com esse veneno.
Pare de criticar seu parceiro! 
Pare de ficar procurando defeitos e ficar se queixando.
Foque nas coisas bacanas que essa pessoa tem. 
O que te encanta no seu parceiro? Quais são as qualidades dele(a)? O que você admira?
Procure, lá no fundo do seu coração, o que fez você se apaixonar por esse homem ou por essa mulher!
Entenda que as pessoas não são perfeitas, temos que respeitar e entender isso; Elas são o que sabem ser.
Não dê mais foco para a Crítica, não deixe que ela cresça e transforme tudo ao seu redor em um deserto triste e árido. 

Sheila Costa do blog
Passarinhos no Telhado

sábado, 16 de setembro de 2017

Ei, traição? Por que chegaste?


- Ei, traição? Por que chegaste?
- Cheguei para fazer-te lembrar do teu Sol, o Sol de tua alma, que clama por tua atenção!
- Ei, traição? Por que machucaste-me assim ? Por que dilaceraste-me tanto ?
- Pois bem! Para fazer- te ter consciência do seguinte : a intensidade da tua dor, de como tu estás sentindo agora, é proporcional à intensidade da dor de tua alma, que senti a tua falta!
- Por que essa dor aumenta e não passa?
- Para que tu voltes e para que tu lembres em detalhes, com resiliência, a importância de viver somente para o teu mundo interior! 
A dor educa, minha menina!
A dor desperta-te para a única verdade: tu apenas tens o amor de tua alma.
Quando tu estás assim com a sensação de solidão e um quê de saudade, é o calor intenso de tua alma, que ama-te intensamente , e pede-te a tua volta!
E a tua alma espera-te calma e serena, com todas estas riquezas: amor, carinho, companheirismo, apoio, cumplicidade, aconchego, amplitude, fidelidade ... absolutamente e exclusivamente para ti!
Todas estas riquezas que tu procuras desesperadamente, em vão, nas pessoas e no mundo ... lá fora!
O tempo é o melhor amigo da tua alma! O teu caminhar, o teu ritmo é respeitado, é amado por tua alma!
Repito: ela ama-te e respeita-te. Ela sabe que tudo está certo e tudo flui na inteligência divina!
Só a tua alma sabe amar-te e sabe fazer-te compreender a importância dela para ti!
Ela não vai atropelar o teu processo de cura!
O teu retorno é inevitável!
Tudo flui sabiamente!
E quando o dia chegar, o dia da tua total maturação dentro do teu processo de retorno, tu saberás e sentirás profundamente, que aquilo que tanto procuraste ansiosamente , tu já tinhas posse!
Ao retornar e sentir o teu bem-amor, tu sentirás livre, preenchida, amada e respeitada; sentirás independência afetiva, e enxergarás que o mais importante é amar e ser amada por ti mesma!
No teu centro interior e na posse do teu bem-amor, tu farás um bordado com linhas de paz e afeto, desenhando nos corações alheios, os laços verdadeiros, os laços de respeito e de irmandade.
Sem a prisão do orgulho! 
Sem as amarras da vaidade!
No amar de verdade! 
No amar espiritualidade! 
No amar multiplicação !
No amar sem reservas, sem regras! 
Só na entrega,
No encontro,
No gosto, 
DE ESTAR com outro.
Só no deleite 
No presente
de sentir 
O TEU AUTOAMOR!

Texto Canalizado por Viviene Kauf,
dedicado a uma amiga.
Fonte: Você pode, você é sua própria luz.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Ah...o tempo...


"Tem o importante que sabe que é comum.
Tem o comum que se acha importante.
Tem o diamante que sabe que é pedra.
Tem a pedra que se acha diamante.
Enquanto isso, o tempo passa levando comuns, importantes, pedras e diamantes."

Ricardo Azevedo



segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Saiba porque você atraiu um assalto...


Olá amigos!

Hoje, trago para vocês um vídeo muito interessante!
Peço apenas que assistam com o coração aberto, independente da sua religião e das suas crenças. Assista e veja a mensagem por trás de tudo. Achei essa explicação tão perfeita, tão esclarecedora...tão profunda.
Essa moça do vídeo, chama-se Viviene Kauf e ela recebe o "Joaquim", que é um espírito muito esclarecido e eles falam sobre assuntos diversos do dia a dia. Esse vídeo fala sobre ASSALTOS. O que isso significa, "metafisicamente" falando.
Por que uma pessoa é assaltada? 
Que tipo de pensamentos que atraem esse tipo de episódios para nossa vida? 
Pois, é...tudo isso o Joaquim explica de uma forma muito clara.
Assista, com o coração aberto! 
Sei que vai gostar...
Traga um cafezinho...e vem assistir:


Viu só que lição interessante! :)

Com carinho, amor e leveza...
Sheila Costa
do blog Passarinhos no Telhado.

Fonte: Você pode. Você é sua própria Luz.


quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Oração pelo Brasil...


Neste momento, flui do mundo da luz uma uma força poderosa capaz de promover uma grande transformação... 
Transformando consciências e corações...
Que nosso país seja envolto por essa luz. 
Que cada um dos brasileiros tenha consciência do seu papel e das suas responsabilidades.
Que cada um faça a sua parte e cuide com amor do que lhe cabe. 
Que a consciência de coletividade fique mais forte em nossas mentes...pois no momento que eu prejudico alguém eu prejudico a todos e a mim mesmo. 
Que possamos tomar posse verdadeira dessa terra. Ela é nossa! 
Que possamos honrar esse solo sagrado e agradecer por tudo de maravilhoso que ele nos dá. 
Que neste momento uma onda de amor envolva a todos. 
Amor à pátria...amor à vida...amor ao próximo...cheia de luz...e cheia de fé.
Que assim seja..


Sheila Costa do blog
Passarinhos no Telhado
imagemdaqui

Sobre ser bondoso...


"Se você estiver esperando uma recompensa por ser uma boa pessoa, isso significa que você não é uma boa pessoa, mas um bom negociador. Faça o bem sem esperar nada em troca...nem um obrigado. Seja como uma flor que solta o seu perfume no ar, independente se tem alguém para apreciar ou reconhecer a sua fragrância." 

Sheila Costa do blog
Passarinhos no Telhado

domingo, 3 de setembro de 2017

Você quer algo? Seja esse algo...


Você quer vizinhos silenciosos... 
Seja o silêncio, acalme seu próprio coração, finde a "malepenscencia" e substitua por pensamentos serenos.

Você quer dinheiro. SEJA O VALOR.
Você prima pela própria excelência pessoal? Ou faz tudo largado, de qualquer jeito, sem qualidade... Antes do dinheiro chegar, seja o equivalente monetário dele, seja alguém com VALOR, um profissional que disputem a tapa, uma mãe adorada por seus filhos, um homem admirado por sua HONRA, uma mulher notável... E entenda que ser o VALOR nada tem a ver com se rebaixar para ter aplauso de ninguém... É, tem gente que confunde...

Você quer um ambiente pacífico. 
Seja a tranquilidade, o sossego, personifique a paz que procura.
Como disse Gandhi: :"Seja aquilo que você quer ver no mundo".
Pare de guerrear... Com seu cônjuge (por poder na relação), com seus filhos (pra provar quem tem autoridade em casa), com seus colegas de trabalho (em uma competição ridícula por quem ganha o tapinha nas costas, do chefe... que nojo...)

Ao invés de botar fogo em contendas, apazigue; esse negócio de gostar de ver o circo pegar fogo e gente se desentendendo é mesquinho demais.

Antes de tudo, seja seu mais pacífico amigo, em sua relação com você, abandone o carrasco e seja gentil com suas falhas, é normal, siga no seu melhor e entenda: se você é o melhor amigo de alguém, por quê não se-lo com a pessoa mais importante da sua vida? (Você).

São meros exemplos para dizer que: 
VOCÊ PRECISA SER UM EQUIVALENTE VIBRACIONAL DAQUILO QUE DESEJA.
Antes de agir silenciosamente, silencie sua tagarelice mental.
Antes de, equivocadamente, se esforçar para "provar" seu valor, RECONHEÇA-O (e não terá que provar nada pra ninguém... Mas já SERÁ o valor).

Antes de fazer parte da turma do "deixa disso", faça da SUA CASA MENTAL o tipo de ambiente em que quer morar.
PORQUE AÇÕES SÃO IMPROFÍCUAS DIANTE DE UMA VIBRAÇÃO QUE AS CONTRADIZ.

E é por isso que não adiantou nada você estudar feito um louco, se esforçar, se dedicar, dar o seu "máximo" e não passar naquele concurso, não conseguir aquela vaga, ter sido preterido naquela promoção; e a despeito de todas as cirurgias plásticas e guarda roupa caro, cursos de pompoarismo, você estar aí, encalhada, postando sua carência pra qualquer um ler...

Porque NÃO É O QUE VOCÊ FAZ QUE DETERMINA NADA, É COMO VOCÊ VIBRA e REAGE DIANTE DOS IMPREVISTOS...

Então, SEJA AQUILO QUE VOCÊ ALMEJA, porque - irresistivelmente - o que você quer não tem outra opção a não ser SEU!

Texto de Rayra Kalidan
imagem: Gioconda Belli

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...