Pesquisar este blog

Tradutor

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Nossa armadura psicológica...


Nossas orações, nossos cânticos, nossos mantras, nossas escrituras, nossos deuses, nossos sacerdotes, são tudo partes de nossa armadura psicológica.
Isso é bem sutil. 
Um cristão acredita que ele será salvo – ninguém mais será. 
Agora isso é sua defesa organizada. Todo mundo vai para o inferno menos ele, devido a que ele é um cristão. 
Todavia cada religião acredita da mesma maneira que somente eles serão salvos.
Isso não é uma questão de religião. 
O problema é o medo e de ser salvo do medo, assim isso é natural de certa maneira. Mas num certo ponto de sua maturidade, a inteligência exige que isso seja abandonado. 
Isso foi bom quando você era uma criança, mas um dia você precisa deixar seus ursinhos de brinquedo, do mesmo jeito que um dia você precisa deixar seu "Deus", da mesma maneira, um dia você tem que deixar seu Cristianismo, seu Hinduísmo. 
Finalmente, no dia que você abandonar toda sua armadura significa que você deixou de viver a partir do medo.
E que tipo de vida pode existir a partir do medo? 
Uma vez abandonada à armadura você pode viver do amor, você pode viver de uma forma amadurecida. 
O homem totalmente amadurecido não tem medo, nem defesa; ele é psicologicamente completamente aberto e vulnerável.
Num ponto a armadura pode ser uma necessidade... 
Talvez seja.
Mas quando você cresce, se você não estiver somente envelhecendo, porém também crescendo, crescendo em maturidade, assim você começará a ver o que você está carregando com você. 
Por que você acredita em Deus? 
Um dia você tem que ver por você mesmo que você nunca teve contato com esse "Deus". E que você não está sendo sincero.
Que tipo de religião pode haver quando não há nenhuma sinceridade, nenhuma autenticidade? 
Você não pode nem mesmo dar razões para suas crenças, e vocês ainda continuam apegados a elas.
Olhe mais de perto e você descobrirá medo por trás delas.
Uma pessoa amadurecida deve desconectar-se de tudo que estiver relacionado com o medo. 
É assim que a maturidade chega.
Apenas observe todos os seus atos, todas as suas crenças e descubra se elas estão baseadas na realidade, na experiência, ou se estão baseadas no medo. 
E qualquer coisa baseada no medo precisa ser imediatamente abandonada, sem um segundo pensamento."

Osho


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...