Tradutor

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Ficar de boca fechada...um dos segredos da vida...


Nunca, nunca, nunca fale mal dos outros, mas, principalmente, não fale mal de si mesmo, não fique contando suas misérias, problemas e tristezas para encontrar conforto na ‘pena’ alheia. Atrair os olhos da piedade é desejar e invocar sobre si condições dignas de piedade.

Indivíduos sem um ‘centro’ falam demais, estão sempre prontos a opinar, criticar, espalhar, reproduzir, acrescentar e fomentar falatórios de maneira irrefletida e desorganizada; eles não sabem, mas esta é a maneira mais rápida de se perder totalmente o Poder da Palavra.

Não manter a boca fechada é caminho certo para desperdiçar energia e vitalidade.

Ao ministrar cursos de Oratória, sempre insisto que inexiste melhor mecanismo de se ampliar essa capacidade do que ‘Calar a Boca!’. E manter a boca fechada não significa apenas não proferir palavras a esmo, mas estar atento a como nascem e se processam os pensamentos, a como eles podem ser canalizados e dirigidos favoravelmente.

Não raras vezes, uma ‘língua solta’ vem acompanhada de uma mente tíbia, um raciocínio raso e um temperamento descontrolado.

No Plano Astral, uma pessoa que não domina o Poder da Palavra apresenta-se em uma Aura turbulenta, onde as Forma-Pensamentos giram pra todos os lados sem lei e ordem. São soldados desgovernados, frágeis e completamente desarmados, susceptíveis a qualquer influência ou ataque externo. Trata-se espiritualmente de alguém que, desguarnecido, tende a sentir-se constantemente desanimado, desmotivado, cansado, oprimido e deprimido.

Quem não controla o Falar, não controla o Pensar e portanto não domina o próprio Existir.

Se cuidar e expandir a própria existência é o melhor Serviço que podemos prestar para a humanidade, ‘Calar’ é prática mais proveitosa que podemos aplicar em nossa própria vida.

Quem desenvolve a capacidade de Silenciar aproveita maravilhosas oportunidades de, no mínimo, não falar bobagens. Parece algo óbvio e fácil mas não o é, a dificuldade em saber a hora de sair de cena, descer do palco e permitir que o Universo termine o espetáculo, é uma das razões para tanto stress e desajustes.

Quando se permite dominar pela ânsia de ‘responder a altura’, dar o troco, fazer-se ouvir, impor-se, gritar mais alto, se fazer presente a todo e qualquer custo vai se criando ‘ralos’ que sugam a Energia Pessoal

Desinstale do coração o hábito de reproduzir acontecimentos desagradáveis, tragédias, desastres e catástrofes; evite mergulhar nas ondas de raiva coletiva, de fofoca comunitária, de falatórios generalizados.

Aprenda a Silenciar.

Silenciar é manter a mente concentrada sobre o que é verdadeiramente importante para si, é abster-se de colocações desnecessárias e dizer apenas aquilo que condiz com o que se deseja ver manifesto no próprio Universo.

Silenciar é ser Grato.
Silenciar é colocar em palavras a Força, a Abundância, o Equilíbrio, a Saúde, a Iluminação, a Felicidade e o Bem.
Silenciar é também brigar pelos direitos, é ir pras ruas e entrar no campo de batalha se necessário for; mas é igualmente saber voltar ao estado de Paz e Centralidade.

Silenciar é a única maneira de adquirir o Poder da Palavra.


Texto de  Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz.
imagemdaqui

Sempre aprendendo...

4 comentários :

  1. Respostas
    1. Mas em nenhum momento as coisas foram ditas de uma maneira superficial..de que o silencio traz felicidade. Apenas que o silêncio é uma grande ferramenta para o autoconhecimento. E no mementos que nos conhecemos mais...mais centrados e alinhados com a fonte estaremos. Claro que consequentemente, seremos mais felizes, mas isso seria uma consequência de algo muito mais profundo. Não sei se você conhece, mas se não conhece vale conhecer...o nome dela é Tania Mujica, e ela tem um canal no youtube que fala sobre isso. Quando silenciamos, nos observamos mais...e essa é a chave para sairmos do piloto automático que vivemos. Sabe o que ela fazia? Ela era estatua viva ( aqueles que ficam pintadas de prata) no centro da cidade de São Paulo. E em meio aquele turbilhão, no silêncio, ela se encontrou. Hoje ela é coaching e tem milhões de seguidores. beijos!

      Excluir
  2. Aprendendo e calando
    E daqui...amor, alpiste e aromas soprando

    ResponderExcluir
  3. AMEI Sheila!
    À cada dia tenho certeza disso... do silenciar!
    Eu que sempre falei pelos cotovelos...rs... aprendi a duras penas, mas aprendi. Mtas vezes ainda é um exercício, mas o principal é que é o caminho! Vale muito!
    Bjs no coração, Linda Passarinha!

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...