Pesquisar este blog

Tradutor

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Pare de ser seu próprio algoz...


"Ao invés de constranger-se e empurrar-se para dentro, empurre os outros para fora.
Pare de acolher a maldade: pare com toda condenação, com todo julgamento, com toda ideia de que há algo muito errado em você que precisa de conserto. Pare de ser seu próprio algoz, desrespeitando seus limites, exigindo o que você não tem maturidade ainda. Se as coisas pudessem ser diferentes, já estariam diferentes. Respeite o que dá para ser por enquanto.
Não deprecie seu empenho. Você já é ótimo do jeito que é.
Não se ponha abaixo de ninguém, não aceite que te apontem o dedo, não aceite críticas. 
Não seja vulnerável a maldade. Os outros só tem poder de te atingir se você der importância a eles. 
É impossível controlar o que as pessoas falam ou pensam a seu respeito. 
Ao invés de tentar mudar para se adequar ao que as pessoas esperam, negue quem te nega, a opinião de quem te põe pra baixo só tem força se você der ouvidos. 
Deixe cada um viver do mel ou do fel que alimentam. 
Não se contamine. Viva na sua verdade, respeite seu tempo. 
Auto-estima é um tesouro construído dentro, quando aprendemos a tirar toda importância do que vem de fora."

Meire Espirito Santo
imagem: Cristian Schloe


4 comentários :

  1. Muito bom o texto, gostei muito, assim como também gostei do blog. O texto cita aspectos importantes e dicas de como seguir a vida. Hoje o que não falta na sociedade é gente querendo te empurrar para baixo, te desanimar, desacreditar de você. É questão de força mental e superação encarar tudo isso como obstáculo e transpassar esta dificuldade. Porém algumas coisas são importantes. O único ponto que discordei do texto foi em relação a não aceitar críticas. Na minha opinião, a crítica é uma forma de fazer você perceber onde você pode melhorar. É claro que nem tudo que é dito deve ser simplesmente aceito porque foi dito. É preciso ter consciência para analisar cada afirmação e decidir o que é ou não coerente. É isso, abraços, estou seguindo seu blog, espero ler mais textos como este!

    http://almamorta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente. Somos o que somos e devemos nos aceitar assim, adequando limites para que nos respeitem. Afinal sempre fazemos o melhor que podemos e o que achamos correto para aquele momento. É vivendo que aprendemos !

    ResponderExcluir
  3. Há tempos acompanho seus textos, assimilo cada palavra que leio aqui, tenho passado por muitas provações, a vida tem sido dura comigo, porém, de uns tempos pra cá, e depois que comecei a lhe acompanhar, tenho visto tantas flores no meio dos espinhos...obrigado por me ajudar nessa jornada. Um dia quero lhe conhecer pessoalmente, e poder lhe dar um abraço de agradecimento. Obrigado.

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...