Pesquisar este blog

Tradutor

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ensinaram-me uma reza assim...

Ensinaram-me uma reza assim...
Livrai-nos Senhor, de tudo que empobrece a alma...
Daquele gosto por mesquinharias... que só gera discórdia.
Da incurável insensibilidade que cava abismos onde não haveria...
Do descuido com o outro. Porque de mim é diferente...
Mas será mesmo?
Livrai-nos Senhor...
Do desprezo para com os universos além do meu...
Eles estão lá, existindo, apesar de mim.
Livrai-nos desse vazio das flores de dentro ...
Desse olhar sem óculos de magia...
Livrai-nos Senhor de andar sem respeito sobre o rastro de alguém.
E da incapacidade em Te perceber além...
Do meu olho, meu critério, meu aceitável, meu descaso...
Livrai-nos Senhor...
Da brutalidade de desacreditar...
Que onde o amor reinar...
Seja Teu céu.
Livrai-nos do inferno de ser uma alma pobre...
Dessas que vagam por aí...
Decretando nãos a tudo que de fato vem de Ti.
Foi Deus quem me ensinou essa reza desse jeito assim...
Pela boca dos pequeninos, falou a mim.

Gi Stadnicki
imagemdaqui
colaboração de Márcia Freitas, leitora do blog.


4 comentários :

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...