Pesquisar este blog

Tradutor

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Tem gente que...


"Tem gente que Deus coloca na nossa vida só pra nos dar paz. Que nos empurra pro melhor de nós, que nos guia pro caminho do bem. Gente que é sorriso em dia feio, que é suporte quando parece faltar chão. Tem gente que pensa e repensa jeitos de nos fazer bem, que se preocupa e demonstra. Gente que é abraço, mesmo de longe, e a certeza que tudo vai dar certo. Que empresta coração pra gente morar, que planta pensamentos bonitos nos dias da gente. E reforça nossa fé no ser humano! Gente que merece o que de mais bonito a vida tem a oferecer... A esse tipo de gente: amor, oração e gratidão eterna." 

Karla Tabalipa
imagensdaqui


Sob o olhar dos outros


Como seria olhar para nós mesmos com os olhos dos outros? 
O que eles vêem que não queremos ver? 
O que evitamos admitir?

Quando a crítica alheia nos agride, temos a oportunidade de reconhecer nossos pontos sensíveis. Tão sensíveis e frágeis que evitamos a todo custo tocá-los. Esses pontos são lugares escuros dentro de nós, nos quais receamos entrar e nos perder: emoções semelhantes a labirintos que nos confundem cada vez mais, sempre que penetramos neles. Por isso, costumamos simplesmente dizer: Ele não podia ter dito isso... não suporto ser vista assim.

Nesses momentos, o olhar daquele que nos agride chega até nós como um peso capaz de nos afundar. Ou seja, não suportamos a crítica alheia porque ela nos afunda na medida em que perdemos a capacidade de nos auto-sustentar.

Quando uma crítica nos deixa indignados, temos a oportunidade de saber um pouco mais sobre nós mesmos. Neste sentido, a desagradável e irritante crítica alheia pode se tornar uma brecha para encararmos de frente aspectos que antes negligenciávamos.

Por isso, quando o golpe nos fere é hora de parar de lutar: deixar o outro partir como vencedor, para cuidar urgentemente de nós mesmos.

Abandonar a luta significa decidir abandonar certas emoções e priorizar outras. É como largar a raiva em prol da clareza interior. Enquanto ficamos presos pelos ganchos da indignação, estamos atados ao olhar alheio como fonte de orientação. É preciso largar o outro, para recuperar a si mesmo.

Quando nos liberamos da carga extra, tocamos o que é essencial. Quando paramos de nos esforçar excessivamente, tocamos a energia básica que nos sustenta naturalmente.

Emoções desconcertantes são como águas turbulentas: se as engolirmos, poderemos morrer afogados. O segredo é boiar para não afundar: entregar o corpo e a mente às águas turvas da emoção. Quando boiamos, reconhecemos que nossa fragilidade não é mais uma ameaça, mas um passo inicial para entrarmos em nós mesmos. Afinal, só podemos superar nossos bloqueios se pudermos aprender a reconhecê-los como limitações possíveis de serem transformadas.
O mero ato de perceber com mais clareza a nossa real condição já dá início a uma possível transformação.

Chögyam Trungpa nos alerta, em seu livro Muito além do divã ocidental (Ed. Cultrix):
O problema surge quando tornamo-nos ambiciosos demais ao lidar com nossas emoções - especialmente se estamos envolvidos na pratica espiritual. Dizem-nos que devemos ser pessoas boas, gentis, afáveis. São idéias convencionais de espiritualidade. Quando começamos a perceber qualidades desagradáveis em nós mesmos, encaramo-las como antiespirituais e tentamos expulsá-las. É o maior erro possível quando trabalhamos com nossos padrões psicológicos básicos. Sempre que tentarmos expulsar os problemas maiores e buscar uma cura radical para eles, somos rechaçados e derrotados. A idéia não é nos induzir a criar uma espiritualidade utópica, mas tentar observar os detalhes das emoções mais intensas, as qualidades dramáticas das emoções. Não é preciso esperar por situações que consideremos importantes e significativas para nós, devemos aproveitar até mesmo as menores situações em que as emoções ocorrem. Devemos trabalhar com as irritações menores ou menos importantes e suas qualidades emocionais específicas. Não se trata de suprimir ou desprezar as irritações, mas de passar a fazer parte delas, perceber suas qualidades abstratas. Com isso, as irritações não terão ninguém para irritar. Podem desaparecer ou transformar-se em energia criativa. Quando somos capazes de trabalhar, tijolo por tijolo, essas emoções menores e aparentemente insignificantes, em algum momento constatamos que, removendo os tijolos um a um, acabamos removendo o muro todo.

Texto de Bel Cesar
Fonte:STUM



quinta-feira, 28 de novembro de 2013

O maior desafio...


"Viver feliz com outra pessoa é o maior desafio do mundo. É muito fácil viver pacificamente sozinho, é muito difícil viver pacificamente com outra pessoa, porque os dois mundos colidem, dois mundos se encontram…"

Osho
imagemgoogle

Os outros não te ferem...você que é ferível...


Você já se observou respondendo de forma exagerada a uma situação?
Se alguém apenas olha para você de certa maneira ou vira a cara e não olha para você, você se ofende ou fica muito sensível.
Uma única palavra , um gesto e de repente aciona um sentimento de rejeição ou uma ira incontrolável e você sempre acha que o outro é responsável, que feriu você .
Não é você que carrega uma ferida.
Você era pequeno e alguém o chamou de burro e você re-edita este sentimento constantemente, mantendo esse ressentimento, seu pai disse alguma coisa, sua mãe olhou de determinada maneira, desde então a ferida está lá e se no hoje alguém toca , você explode.
Você não vive de forma atualizada e sim , repetindo dores do passado, as pessoas em sua vida não estão interessadas em feri-lo , todo mundo está empenhado em proteger suas próprias feridas.
Mas você esta ai.....prontíssimo para ser ferido.....apenas na espera, aguardando alguma coisa acontecer. 
E depois você não entende porque as coisas se repetem.

Rosalia Schwark
imagemdaqui


Como diz o Gasparetto...
"Os outros não ferem você...você que é ferível!"

É...faz sentido...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Três dicas para aliviar a angústia...



1. Tire os pensamentos do foco de tensão, nem que seja por alguns minutos. Quando temos um problema, não paramos de pensar nele. Então, procure desviar conscientemente o pensamento. Como? Ocupando por querer a sua mente! Veja um filme ou um programa que goste. Jogue paciência ou outra coisa que te distraia. Arrume o armário. Cuide do jardim. Vá ao shopping. Enfim!! Pare de pensar conscientemente. O inconsciente, que não para nunca, trabalhará seus pensamentos por você neste período.

2. Procure um bom amigo(a). Na hora de angústia, ter alguém para ouvir o que estamos sentindo é fundamental. Alguém com quem você possa se abrir de verdade e falar tudo o que pensa. Tudo mesmo. Por isso, procure alguém que saiba te ouvir sem te julgar. Depois ouça o que seu amigo(a) tem para te dizer.

3. Cuide de sua aparência exterior. Isso mesmo!! Não é supérfluo nem superficial. Quando estamos angustiados, estar bem arrumado (a) , com o cabelo em ordem, unhas bem feitas ou com uma roupa legal nos faz sentir melhor e isso pode ajudar. Olhe-se no espelho e sinta-se bonito(a) e bem. A aparência externa pode dar forças para a “aparência” interna se aprumar também.

Dra Ana Escobar
imagemdaqui


Não perca nenhuma oportunidade de amar...


Não perca nenhuma oportunidade de amar. Mesmo passeando numa rua, você pode ser amoroso. Mesmo para com o mendigo você pode ser amoroso. Não há necessidade de dar a ele alguma coisa; você pode pelo menos sorrir. Isso não custa nada, mas seu próprio sorriso abre seu coração, torna seu coração mais vivo. Segure a mão de alguém – de um amigo ou de um estranho. Não espere só amar quando a pessoa certa aparecer. Assim a pessoa certa nunca irá aparecer. Continue amando. Quanto mais você amar, maior é a possibilidade da pessoa certa aparecer, porque seu coração começa a florescer. E um coração florescendo atrai muitas abelhas, muitos amantes. 

Osho
imagemgoogle

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Eu abençoo a minha casa com amor...


Olá amigos!

Hoje, venho compartilhar com vocês essa lindeza!
É uma "benção do lar" escrita pela maravilhosa Louise L. Hay. 
Palavras cheias de luz e paz, para vocês recitarem em seus lares e abençoarem suas vidas.
Mas antes, façam um pequeno ritual...


Escolham um dia bem tranquilo...
Lave as mãos e o rosto, acenda um incenso de sua preferência e tire os sapatos.
Escolha um lugar da casa onde a família costuma reunir-se (ou onde você recebe os amigos)...e recite essas afirmações em voz alta...
Deixe que elas ecoem dentro de casa...
Lembre-se...as palavras tem poder, simplesmente porque elas tem vida! hã :)


"Tudo está bem na minha casa e no meu mundo.
Eu sei que a harmonia e a ordem estão presentes em todo o lado no Universo. 
E eu agora aceito isso como verdade para mim na minha casa. 
Eu deixo partir todos os pensamentos negativos que criam caos ou desordem qualquer forma. 
Eu deixo partir o passado.
Eu perdoo todos os que precisam perdão. 
Eu deixo partir toda a necessidade de me punir. 
Eu estou disposto a crescer. 
Eu perdoo-me e começo renovado e fresco neste momento.
Eu declaro estas afirmações como verdades para mim e eu aceito-as como tal:


Eu liberto toda a necessidade de preocupação.
Eu liberto todo o lixo do passado.
Eu vivo no momento presente.
Eu aprecio-me.
Eu aprecio a minha vida.
Eu aprecio a minha casa.
Eu abençoo a minha casa com amor.


Eu vivo em paz e harmonia.
Eu sou pacífico, alegre e harmonioso.
Eu sou organizado é fácil para mim ser..
A minha casa fica mais bonita todos os dias.
É um prazer vir para casa.
Eu tenho vizinhos amigos, amorosos e que me apoiam.
Eu estou sempre seguro e em segurança.
Tudo está bem na minha casa e no meu mundo..."

E assim é...
Eu abençoo a minha casa com amor...

Leia também: O poder das palavras
imagens google


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Flor do dia


“A humildade nasce do sentimento de igualdade - o humilde não se sente abaixo nem acima de ninguém. A pessoa verdadeiramente humilde se sente igual ao outro, não abaixo. Se ela se sente abaixo, isso não é humildade, é orgulho disfarçado de humildade. Esse aspecto do orgulho faz a pessoa se sentir impotente e fracassada. Puro orgulho.” 

Sri Prem Baba
imagemdaqui

sábado, 23 de novembro de 2013

Límpido como o céu...


Tua mente é livre para pensar tanto na montanha como no montículo de terra formado pelas formigas; tem a liberdade de pensar tanto no oceano como na água de uma bacia.
Então, por que torturas tua mente por causa de coisas pequenas?
Sê vasto e límpido como o céu.

Masaharu Taniguchi
imagemdaqui

Não dê importância para aquilo que não merece!
Incomodar-se, esquentar a cabeça, é sempre uma escolha...
Escolha as coisas lindas e coloridas da vida...
O resto... não merece o nosso escasso tempo.
Bom Final de Semana!!!! :)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

A maleta...


Um homem morreu.
Ao se dar conta, viu que Deus se aproximava e tinha uma maleta com Ele.

E Deus disse:
- Bem, filho, hora de irmos.

O homem assombrado perguntou:
- Já? Tão rápido? Eu tinha muitos planos...
- Sinto muito, mas é o momento de sua partida.
- O que tem na maleta? Perguntou o homem.

E Deus respondeu:
- Os seus pertences!!!
- Meus pertences? Minhas coisas, minha roupa, meu dinheiro?

Deus respondeu:
- Esses nunca foram seus, eram da terra.
- Então são as minhas recordações?
- Elas nunca foram suas, elas eram do tempo.
- Meus talentos?
- Esses não pertenciam a você, eram das circunstâncias.
- Então são meus amigos, meus familiares?
- Sinto muito, eles nunca pertenceram a você, eles eram do caminho.
- Minha mulher e meus filhos?
- Eles nunca lhe pertenceram, eram de seu coração.
- É o meu corpo.
- Nunca foi seu, ele era do pó.
- Então é a minha alma.
- Não! Essa é minha.

Então, o homem cheio de medo, tomou a maleta de Deus e ao abri-la se deu conta de que estava vazia... Com uma lágrima de desamparo brotando em seus olhos, o homem disse:
- Nunca tive nada?

E Deus respondeu...
- É assim, cada um dos momentos que você viveu foram seus. A vida é só um momento... Um momento só seu! Por isso, enquanto estiver no tempo, desfrute-o em sua totalidade. Que nada do que você acredita que lhe pertence o detenha... Viva o agora... Isso sim é todo seu!

Autoria Desconhecida

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

As 12 Leis Universais...


As Leis Universais podem também ser vistas como orientações para comportamentos que irão melhorar o nosso crescimento físico, mental, emocional e espiritual. 
.As Leis Universais são todos inter-relacionados e são fundadas no entendimento de que tudo no Universo é energia, inclusive nós, e que a energia se move de forma circular. No nível microscópico, somos uma massa rodopiante de elétrons e átomos energéticos girando rapidamente. 
Na verdade, tudo no mundo é composto de energia e que estão intimamente ligados com este mar de energia, esse mar de elétrons que giram.
Nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações são todas as formas de energia. O que nós pensamos, sentimos, dizemos e fazemos em cada momento volta para nós para criar nossas realidades.
Energia se move em um círculo, de modo que vai e volta.
 A combinação dos pensamentos, sentimentos, palavras e ações de todos no planeta cria nossa consciência coletiva, ele cria o mundo que vemos diante de nós.
A boa notícia é, porque os nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações criar o mundo à nossa volta, temos o poder de criar um mundo de paz, harmonia e abundância. 
Para fazer isso, é essencial que aprendamos a controlar nossos pensamentos e emoções. Compreender as Leis Universais nos ajudar a fazer isso.

1. A Lei da Unidade Divina:


A Lei da Unidade Divina nos ajuda a entender que vivemos em um mundo onde tudo está ligado a todo o resto. Tudo que fazemos, dizemos, pensamos e acreditamos afeta os outros  do universo que nos rodeia.

* Energeticamente estamos todos interconectados. Ou seja..somos todos UM.

2. A Lei da vibração:


Este universal Lei declara que tudo no Universo se move, vibra, e viaja em padrões circulares. Os mesmos princípios de vibração no mundo físico se aplicam aos nossos pensamentos, sentimentos, desejos e vontades no mundo etérico. Cada som, coisa, e até mesmo pensamento tem sua própria freqüência vibracional, única em si mesma.

*Tudo que existe tem o seu campo vibracional, que se expande em movimentos circulares.

3. A Lei da Ação:


A Lei de Ação deve ser aplicada a fim para nós as coisas se manifestar na Terra. Portanto, devemos nos empenhar em ações que apoiem os nossos pensamentos, sonhos, emoções e palavras.

*Tudo o que queremos que aconteça exige de nós alguma atitude.

4. A Lei de Correspondência:


Esta lei universal,  estabelece que os princípios ou leis da física que explicam o mundo físico - Energia, Luz, vibração e movimento - têm seus princípios correspondentes no etérico ou universo. "Como acima, assim abaixo".

*Tudo que existe no campo material existe um correspondente no campo etéreo. ( Assim na terra como no céu).

5. A Lei de Causa e Efeito:


Este universal Lei declara que nada acontece por acaso ou fora das leis universais. Toda ação tem uma reação ou consequência e que "colhemos o que semeamos".

*Atire um bola na parede e na mesma força ela vai voltar para você. Por isso, nada acontece por acaso.

6. A Lei da Compensação:


Esta Lei Universal é a Lei de Causa e Efeito aplicado às bênçãos e abundância que são fornecidos por nós. Os efeitos visíveis de nossas ações nos são dadas em presentes, dinheiro, heranças, amizades, e bênçãos.

*A gente tem aquilo que merece... simples! Quer saber como anda a sua qualidade energética, observe a sua volta. Observe sua saúde, seu dinheiro, sua vida. 

7. A Lei da Atração:


Esta Lei Universal demonstra como criamos as coisas, eventos e pessoas que entram em nossas vidas. Nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações produzem energias que, por sua vez, atraem energias semelhantes. Energias negativas atraem energias negativas e energias positivas atraem energias positivas.

*Semelhante atrai semelhante!

8. A Lei da Transmutação de Energia Perpétua:


Esta Lei Universal afirma que todas as pessoas têm dentro de si o poder de mudar as condições em suas vidas. Vibrações mais elevadas consumir e transformar as mais baixas, assim, cada um de nós pode mudar as energias em nossas vidas através da compreensão das leis universais e aplicar os princípios de tal forma a efetuar a mudança.

*As energias podem ser mudadas a qualquer tempo, basta querer.

9. A Lei da Relatividade:


Esta Lei Universal afirma que cada pessoa irá receber uma série de problemas (Testes de Iniciação) para o propósito de fortalecer a Luz dentro. Devemos considerar cada um destes testes a ser um desafio e permanecer conectado ao nosso coração quando proceder para resolver os problemas. Esta lei também nos ensina a comparar os nossos problemas para os problemas dos outros e colocar tudo em sua devida perspectiva.Não importa o quão ruim percebemos nossa situação a ser, há sempre alguém que está em pior situação. Tudo é relativo.

*Não podemos nos comparar com quem quer que seja. Cada um tem a sua história, o seu processo. Não faça comparações. Cada um está vivenciando o cenário ideal para se desenvolver de acordo com suas necessidades evolutivas.

10. A Lei da Polaridade:


Isto indica a Lei Universal que tudo é um continuum e tem um oposto. Podemos suprimir e transformar pensamentos indesejáveis, concentrando-se no pólo oposto. É a lei das vibrações mentais.

*Tudo tem o seu oposto. Assim como tem o sol tem a lua...a luz e a escuridão...o sol e a chuva. Para entendermos um precisamos de outro.

11. A Lei do Ritmo:


Este universal Lei declara que tudo vibra e se move para certos ritmos. Esses ritmos estabelecer estações, ciclos, fases de desenvolvimento e padrões. Cada ciclo reflete a regularidade do universo de Deus. Mestres sabem como superar partes negativas de um ciclo por nunca ficar muito animado ou permitindo que as coisas negativas para penetrar sua consciência.

*Tudo tem um ciclo, ou seja,  tudo tem o seu tempo. Todos os processos são marcados pelo começo, meio e fim. Por isso é preciso paciência...

12. A Lei do Gênero:


Isto indica a Lei Universal que tudo tem seu masculino (yang) e feminino (yin) princípios, e que estes são a base para toda a criação. O espiritual Iniciado deve equilibrar as energias masculinas e femininas dentro de si ou a si mesmo para se tornar um Mestre e uma verdadeira co-criador com Deus.

*Tudo tem a energia masculina e feminina, e elas precisam ser equilibradas.

Fonte: Anjo de Luz
imagens google


* É a minha interpretação de cada lei, apenas coloquei como uma observação. Não sei se interpretei corretamente, mas foi o que entendi! :)


Triglicérides na linguagem do corpo


Metafisicamente o triglicérides refere-se a rupturas familiares que deixam sequelas emocionais. Podem ser ocasionadas por alguém que tenta a todo custo ser aceito novamente ou por um fator, que não coube a própria pessoa, mas ela sente-se na obrigação de reatar os laços. É importante que a pessoa tire essa obrigação excessiva e até neurótica de reorganizar o meio familiar, ser aceito ou unir a todos os integrantes da família. Na trajetória tem momento para tudo, esse, de união familiar, por mais dolorido que seja, já passou.

Metafísica da Saúde vol.2.
Autores: Valcapelli e Gasparetto
imagemdaqui

Leia mais sobre Linguagem do Corpo - AQUI

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Flor do dia


“Eu tenho dito que o relacionamento é a grande universidade da vida. Mas, o ponto central desse curso é aprender a se relacionar sem se perder. É estar com o outro sem se deixar consumir por ele; sem se deixar escravizar por ele - e sem querer escravizá-lo. Há que se ter coragem para ser livre e para romper com os cordões da codependência.”

Sri Prem Baba
imagemdaqui

terça-feira, 19 de novembro de 2013

O que Buda faria numa crise familiar?



A família unida é  como uma floresta.
Ao passo que a árvore solitária é abatida pela tempestade. Jataka 74

Buda lembra que não somos muito diferentes das outras coisas vivas, nem mesmo das árvores. Ele recorre
à metáfora das árvores: natural, enraizada e profundamente poderosa.
Tal como um aglomerado de árvores que, estando juntas, se protegem mutuamente contra o vento, as famílias precisam ficar unidas para enfrentar qualquer tempestade que as ameace. Uma pessoa isolada é como uma árvore solitária; ela enfrenta o vento sozinha e pode se quebrar. Mas uma família cujos membros se arrimam é muito mais forte que cada um deles isoladamente. Na floresta, as árvores estendem os ramos para as outras; é assim que elas se apoiam na tempestade. Não é muito diferente das famílias,é? Nós também não estendemos os braços para os outros e não nos apoiamos mutuamente durante as crises?Nessas ocasiões, é difícil manter a união. Suas raízes podem embaraçar-se, o sol pode ficar bloqueado para você. Chega a ser frustrante e até doloroso. Mas, se você apoiar a sua família, ela o apoiará, e a força que vocês terão juntos é a maior deste mundo.

Franz Metcalf
No livro - O que Buda Faria - pg50





Mais forte do que a morte...


“Quando morre uma flor, nasce uma semente; quando uma semente morre, nasce uma planta. E a vida continua o seu caminho, mais forte do que a morte.” 

 Tagore

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Use sua imaginação para mudar o negativo em positivo - Meditação



Primeira coisa de manhã, imagine-se tremendamente feliz. Saia da cama com um humor muito feliz; radiante, borbulhante, expectante; como se algo perfeito, de infinito valor, fosse acontecer hoje. Levante-se da cama com um humor bem positivo e esperançoso, com o sentimento de que esse dia não vai ser um dia comum, que algo excepcional, extraordinário, está esperando por você; algo que está bem perto. Tente e se lembre disso de novo e novamente durante o dia todo. Dentro de sete dias você verá que todo seu padrão, todo seu estilo, toda sua vibração, mudou.

Quando você for dormir de noite, apenas imagine que você está caindo nas mãos divinas... como se Deus estivesse lhe sustentando, que você está no colo dele, adormecendo. Apenas visualize isso e adormeça. Uma coisa para levar é que você deve prosseguir imaginando e permita que o sono venha, para que a imaginação entre no sono; eles estão sobrepostos.

Não imagine qualquer coisa negativa, porque se as pessoas que possuem uma capacidade imaginativa imaginarem coisas negativas, elas começam a acontecer. Se você pensa que você vai adoecer, você vai ficar doente. Se você pensa que alguém vai ser rude com você, ele será. Sua própria imaginação irá criar a situação.

Assim, se uma ideia negativa vier, mude imediatamente para um pensamento positivo. Diga não a ela. Deixe-a imediatamente; jogue-a fora.

Dentro de uma semana você começará a sentir que você está ficando muito feliz; sem absolutamente nenhum motivo.

Osho
imagemdaqui


sábado, 16 de novembro de 2013

Flor do dia


“Certa vez o Dalai Lama encontrou um monge que havia ficado na prisão por dezoito anos, sendo torturado pelos chineses. Então, ele perguntou ao monge: “Durante esses anos, qual foi o maior medo que você sentiu dentro da prisão?” Ele respondeu: “O meu maior medo era de perder a compaixão pelos chineses”. Independentemente de ser chinês, brasileiro, indiano, americano, ou qualquer outra nacionalidade, eu estou lhe dando um exemplo do que pode acontecer nesse planeta. A compaixão só é possível quando você percebe que o outro também é vítima de um contexto gerado pela ignorância.” 

Sri Prem Baba
imagemdaqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...