Pesquisar este blog

Tradutor

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

O que Buda faria se fosse vítimia de um crime?


"Àquele que faz mal para um homem inocente, puro e irrepreensível, o mal retoma como o pó jogado contra o vento." Sutta Nipata 662

O que Buda faria se o ferissem traiçoeiramente? Ele saberia que nada precisava ser feito. Bastaria deixar que as coisas se resolvessem por si.O mau ato de ferir um inocente resulta em péssimas conseqüências para quem o realizou.
É assim que o mundo funciona. Às vezes, o mal retoma óbvia e imediatamente, como o pó volta ao rosto daquele que o jogou contra o vento. Em outras, o retorno é lento e sutil como aqueda de um império. Conservar firmemente a inocência requer muita paciência, mas é a verdadeira sabedoria.
Buda dá a esse princípio o nome de karma, a lei de causa e efeito.E, devido à inexorabilidade dessa lei, ele sabia que o inocente não precisa punir os culpados. Estes se punem a si próprios. Tudo é passageiro, até mesmo o poder da injustiça. Pode demorar muito tempo (pense em Nelson Mandela, o líder sul-africano preso durante 27 anos), mas tudo acaba mudando de figura (pense em Nelson Mandela, o querido presidente de seu país renascido)

Franz Metcalf
No livro - O que Buda Faria - pg111
imagemdaqui

2 comentários :

  1. Tudo quanto semear, ao seu tempo colherá.
    Não pode o homem semear o maldade e colher o bem.

    BjoS

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais...a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória!!! beijos

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...