Pesquisar este blog

Tradutor

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Inocência...reflexão...


Se você quer se conhecer realmente, você tem de abandonar todo o seu conhecimento, deve desaprende-lo. Você deve voltar a ser ignorante, como uma criança pequena, de olhos surpresos, atenta.

O próprio Buda não era muito instruído; Jesus também não, nem Maomé. Eles eram pessoas inocentes, pessoas simples, mas de tal simplicidade, de tal inocência, de um caráter tão infantil que foram capazes de penetrar no mais íntimo cerne de si mesmos. Foram capazes de conhecer a própria verdade; foram capazes de chegar ao cerne da própria existência. Eles conheciam, mas não eram instruídos. Não conheciam pelas escrituras. Conheciam pela vigilância. Lembre-se da fonte: o verdadeiro conhecimento vem da meditação, da atenção, da consciência, do cuidado, da vigilância, da presença. E o falso conhecimento vem das escrituras. Você pode aprender o falso conhecimento com muita facilidade e você pode se vangloriar disso, mas vai continuar sendo um bobo – um bobo erudito, mas mesmo assim um bobo.
Se você realmente quer conhecer, deve abandonar todo o seu conhecimento; deve desaprende- lo. Você deve voltar a ser ignorante, como uma criança pequena, de olhos surpresos, atenta. 
Você será capaz de conhecer não apenas o seu próprio ser, mas também o ser que existe no mundo... o ser que existe nas árvores, nos pássaros, nos bichos, nas pedras, nas estrelas. Se você for capaz de conhecer a si mesmo, será capaz de conhecer tudo o que é.  A inocência é a sua natureza. Você não precisa vir a ser, você já é. Você nasceu inocente. Camadas e mais camadas de condicionamento impuseram-se, mais tarde, à sua inocência. 

A sua inocência é como um espelho e o condicionamento é como camadas de poeira. O espelho não precisa ser adquirido, ele já está lá – ou melhor, aqui. O espelho não foi perdido, apenas está oculto sob as camadas de poeira. Você não precisa seguir um caminho para chegar à sua natureza, porque você não pode sair dela, não pode ir a nenhum outro lugar. Mesmo que você queira é impossível.

 É exatamente a definição de “natureza”: “natureza” significa aquilo que não se pode abandonar, aquilo que não se pode rejeitar. Mas você pode esquece-la. Você não pode perde-la, mas pode esquece-la. E foi exatamente isso que aconteceu. O espelho não foi perdido, mas esquecido – esquecido porque não funciona mais como espelho. Não que ele esteja com algum defeito; está apenas coberto por camadas de poeira. Só é preciso limpa-lo, remover essas camadas de poeira. 
O processo de tornar-se inocente não é um verdadeiro processo de transformação, é um processo de descoberta do ser. É uma descoberta, não uma aquisição. Você não conquista nada de novo; simplesmente conquista o que você sempre foi. É uma linguagem esquecida. 

Osho

Dia 12 de outubro dia da crianças! 


Mas quero propor um reflexão...
Que hoje não seja um dia comercial, onde empanturramos nossas crianças de besteiras.
Mas um dia para valorizar e resgatar a inocência! 
A valorizar a inocência natural das crianças e resgatar a nossa perdida...lá no fundo da alma!

Um grande beijo a todas as crianças pequenas e grandes :)
Imagens google: Shirley Temple

 

13 comentários :

  1. Sheila lindo texto, feliz dia da criança pra você, beijos.
    Tem post novo:
    http://www.lucimarvirtual.blogspot.com.br/2012/10/eterno-dicionario.html

    ResponderExcluir
  2. Olá, Sheila
    Lindo post. Pena que a inocência infantil esteja sendo perdida cada vez mais cedo.
    E preciso discordar seriamente do autor quando ele diz que Jesus não tinha instrução: quando veio à Terra Ele tinha (e tem) todo o conhecimento do mundo, em todas as áreas. Ele é filho de Deus. Muito ao contrário de Buda e Maomé, que eram humanos, Jesus é Divino e sabe de todas as coisas que nós, humanos, precisamos aprender e nem que vivamos mil anos aprenderíamos tudo.
    Um lindo feriado para você!
    Beijo
    Ju















    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para os Budistas, Buda era divino...e os outros apenas humanos.
      Para os muçulmanos Maomé sim era divino...os outros apenas humanos.

      Se você colocar de lado as crenças e ler o texto com os olhar inocente que Osho propõe, tenho certeza que será uma outra leitura. E você verá que ele não está menosprezando ninguém, bem pelo contrário.

      Grande beijo e um lindo feriado para você também.

      Excluir
  3. Sheila, parabéns pelo blog... Gostei demais!

    ResponderExcluir
  4. Sheilinha,
    Feliz dia das Crianças a todos nós!
    Ano que vem será mega especial esse dia pra você não é mesmo????
    Quanta felicidade!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto, e muito boa sua dica para o dia de hoje. Eu como uma criança grandinha adorei!

    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Oi Sheila !Que maravilhosa homenagem!Bjos

    ResponderExcluir
  7. https://www.facebook.com/MANOALVES2008?ref=tn_tnmn PASSANDO HUMILDEMENTE PARA TE CONVIDAR, ACESSE O BLOG E SE GOSTAR SEGUE-O, AH! NÃO ESQUEÇA DE VOTAR... CLIQUE EM 1 DOS SELOS "TOP100", VAI APARECER O LINK E VC PODE VOTAR POR EMAIL, TWITTER E FACEBOOK, DESDE JÁ TE AGRADEÇO: CLIQUE NO SELO "TOP 100, JA ABRE O LINK DIRETO PARA VOTAR NO MEU BLOG."PRÊMIO TOP BLOG 2012" http://inkdesignerstampas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi flor!!! Adorei seu blog!! É lindo!!!
    Passa lá no meu também, ficaria muito feliz.
    link: Cute time//Official
    。◕‿◕。

    ResponderExcluir
  9. Olá, vim ver sua postagem. Doces palavras! Minha criança resolveu dormir no dia friozinho .

    ResponderExcluir
  10. Encantada também porque tenho "Alma Exposta" de passarinho e encantada te sigo...

    "Alma Exposta"
    Poetas, Poemas e Poesias
    http://haydeecerantola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Adorei Sheila...e logo vem uma criancinha pra alegrar sua casa e mudar tudo!
    Beijos, boa tarde e um ótimo domingo!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo presente que a criança que vive dentro de mim recebeu de você.
    Eu retribuo e desejo que você e "suas crianças" tenham um doce final de semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...