Pesquisar este blog

Tradutor

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Reações inconscientes...

Estava ministrando um curso quando uma aluna fez a seguinte pergunta: “Me veio agora em mente um pensamento para ensinar EFT para uma determinada pessoa. Por que me surgiu esse pensamento?”. Achei a pergunta um tanto estranha e respondi apenas dizendo “eu não sei”, por que realmente eu não tinha como ter essa resposta. Além disso, dentro do que estava sendo debatido, a pergunta também não trazia maiores contribuições para o assunto, era bem irrelevante, portanto seria melhor seguir adiante. Alguns dos alunos acharam engraçada a pergunta.

Diante da minha reposta, a aluna se queixou que era a segunda vez durante o curso que ela se sentia desrespeitada. Que havia feito uma pergunta anteriormente e as pessoas riram, e que a reposta que eu dei não seria a resposta que um professor deveria dar. Enquanto falava isso, começou a chorar. Falei que não era intenção de ninguém desrespeitá-la, nem minha nem de nenhum outro aluno, que talvez a forma como ela havia falado teria sido um tanto engraçado, e que algumas pessoas riram por isso. Falei também que eu realmente não sabia a resposta que não teria como dizer nada além do “eu não sei”.

Essa mesma aluna se candidatou a receber uma sessão de EFT comigo logo em seguida. Durante os cursos, eu faço sessões de EFT com alunos que queiram ser voluntários diante da turma. Ao trazer uma situação para ser trabalhada, ela lembrou que, uma vez em sala de aula quando era criança, havia feito uma pergunta onde todo mundo caiu na gargalhada, inclusive a professora. Ao contar essa situação, a lembrança vinha carregada com sentimento de mágoa, vergonha e choro.

Neste momento, deu para entender perfeitamente a reação anterior da aluna durante a aula. De quem é que ela estava com raiva e por que estava se sentindo desrespeitada na verdade? A carga emocional de um evento do passado ainda carregado de sentimentos brotou, levando a aluna a ter uma reação inconsciente.

Quando temos esse tipo de reação, muitas vezes não ficará claro a conexão com uma situação semelhante mal resolvida do passado. Apenas sentimos algo negativo e vamos responsabilizar alguém ou alguma situação presente como sendo a causadora do nosso mal estar. Foi exatamente o que ocorreu com a aluna. Só que logo em seguida ela lembrou da situação passada e resolveu trabalhar os sentimentos em uma sessão de EFT. Ao relatar este evento, surgiram sentimentos de raiva, vergonha, tristeza e outros, e fomos limpando um a um com a EFT.

O resultado foi que em poucos minutos, aquela lembrança perdeu todo o peso emocional e ela mesma começou a rir da cena, enxergando agora que ela realmente havia falado de forma engraçada na escola. Os sentimentos negativos distorcem completamente a visão dos acontecimentos. Quando os dissolvemos a nossa percepção do que ocorreu muda completamente e não raras vezes vejo as pessoas rirem de fatos que há poucos instantes as faziam chorar.

André Lima - EFT
Leia mais sobre EFT AQUI



Um comentário :

  1. É tão rápido o efeito da EFT? será que veio para substituir a terapia, que às vezes leva anos para resolver um trauma? preciso arranjar tempo para mergulhar nessa EFT. Eu acho demais interessante. Sempre gostei da área de psicologia.

    Beijos, querida!!

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...