Pesquisar este blog

Tradutor

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Visão maior...

Vocês se lembram da ferramenta que ensino há mais de trinta anos no seminário VISÃO 360°, a dos 3 dedinhos voltados para nós, e o indicador acusando o outro?
- Só podemos 'reconhecer' (conhecer de novo) no outro, aquilo que já conhecemos em nós mesmos?

"Nós olhamos antes para dentro, decidimos o tipo de mundo que querermos ver e então projetamos esse mundo lá fora, fazendo dele a verdade tal como... a vemos. Nós fazemos com que ele seja verdadeiro através de nossas interpretações do que estamos vendo. Se estamos usando a percepção para justificar nossos próprios erros — nossa raiva, nossos impulsos para atacar, nossa falta de amor em todas as formas que pode ter — veremos um mundo de maldade, destruição, malícia, inveja e desespero. Tudo isso nós precisamos aprender a perdoar, não porque estamos sendo “bons” e “caridosos”, mas porque o que estamos vendo não é verdadeiro. Nós distorcemos o mundo pelas nossas defesas tortuosas e estamos consequentemente vendo o que não existe. " - UCEM

Na minha visão: o que mais dificulta o perdão é o orgulho, por isso o ego dificilmente perdoa; apenas quando 'compreende' ou quando se' vinga'.

Por outro lado, como podemos julgar qualquer ato, por mais monstruoso que seja na aparência, se não temos a visão maior que nos permitiria ver as consequências, os aprendizados e os ganhos que aquela dor trouxe ao todo?

Lembrem-se da lição da bomba atômica, que tanto horror nos causou... O fato de sabermos que podemos explodir o planeta nos uniu, e nos fez mais cuidadosos com nosso potencial de destruição.

Lembrem-se de que Jesus não poderia ter cumprido o seu papel, se não houvesse um Judas, e que para acender uma lâmpada, a luz, precisamos de um polo positivo, um negativo e um neutro. Se retirarmos qualquer um dos três, não acendemos a luz.

Mas, se olharmos sem o julgamento que separa os elementos, poderemos ver o produto final do milk-shake da matéria: construção, destruição e compreensão= VIDA!

Anna Sharp


3 comentários :

  1. Nem sempre vejo algo positivo em uma tragédia, por mais que meu coração seja sereno, as vezes se abala diante da perda do ser humano de SER HUMANO.

    grande beijo Sheila

    ResponderExcluir
  2. Tudo tem seu tempo para compreensão diante dos fatos negativos ou positivos!
    Sinto que nos humanos temos um "orgulho" e uma síndrome de sentir-se melhor que a natureza e muitas vezes separada Dela...houve uma perca muito grande com a conexão com DEUS e no acreditar que todos somos um!!!

    Amei o texto!!!
    Muita Luz!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu sei Re e tbm não consigo ver algo positivo em muitas tragédias. Mas a nossa visão é limitada diante da vida. A nossa visão "da matéria" é pequena... é como se olhassemos por um olho mágico em uma grande porta. Não vemos a energia que está por tras das coisas e que faz toda essa grande roda girar. Apenas ter esta compreenção e admitir que não estamos conscientes de tudo já é uma grande passo.

    Bjs flor!

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...