Pesquisar este blog

Tradutor

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Sobre os fracassos e as derrotas...

Repentinamente me deparo com a pergunta: O que é fracasso?

Existem várias interpretações. Uma delas é que AINDA não venci. Para mim, esta é a mais clara das definições. O “AINDA” em maiúsculo é para deixar claro que permaneço em luta constante.

Na vida humana a luta faz parte de nosso cotidiano. Não se trata de um jogo, de uma disputa, de uma corrida de obstáculos onde as regras estabelecem começo meio e fim. Trata-se de APRENDER com as dificuldades. Aqui o termo fracasso deve ser substituído por percalço, jamais por derrota.

Quando efetivamente fracassamos estamos DETERMINANDO a nossa falência como ser humano, como essência. Falir significa, literalmente, acabar de vez. É a interrupção da continuidade. Isso só acontece, se queremos, no plano material e principalmente dos negócios.

Mas, em todos os casos, praticamos acidentes de percurso. Avaliamos de forma incorreta o futuro de nossas atitudes. Erwim Lutzer diz que o Fracasso é a porta dos fundos do Sucesso. Também acho.

Assim, o fracasso para uns pode ser um sucesso para outros. Perdi um concorrente, por exemplo. Pois bem, ainda posso pensar, agora já sei COMO NÃO SE FAZ. Acabei de dar o devido valor ao meu “fracasso”. Tudo na vida depende da forma como encaramos os fatos.

As pessoas experientes já não se contentam em justificar o seu fracasso. Isso é perda de tempo. As pessoas experientes podem ser sábias e a sabedoria é o aprendizado em cima da cultura. É a cultura aplicada. É o fracasso bem interpretado. Para mim, além do que concordei acima, o fracasso é, também, apenas a parte amarga do sucesso.

Os mais pessimistas, aqueles que foram adestrados e não educados pelos pais; aqueles que não respeitam os professores e que acham que em tudo precisa haver igualdade, até no desrespeito, acham que o fracasso é o fim.

Não, não é o fim. Quando chegamos ao fundo do poço é muito bom. Pior não fica. Assim acabamos de instalar o começo de nossa vitória. Imagine se cada empresário, em um percalço (outra forma de analisar o fracasso) desanimasse. Como ele faria para se tornar novamente vitorioso? Ficando depressivo? Não. Indo à luta. Analisando seus passos e decisões recentes e tomando novo rumo.

Deixei mais para o fim do texto para afirmar que o fracasso só existe no campo e na visão humana. Especificamente na forma do julgamento material.

No plano Cósmico ele é apenas e tão somente uma fase do nosso aprendizado e de nossa evolução. Precisamos reforçar também que, enquanto para a maioria das pessoas o fracasso é o fim, para os empreendedores é apenas o meio do caminho.

Vou lhes revelar um SEGREDO.

O Fracasso está diretamente relacionado com a correta aplicação de duas palavras:
SIM e NÃO.

Sou um fracassado quando me permito dizer SIM e quero dizer NÃO.
Sou um fracassado quando me permito dizer NÃO e quero dizer SIM.

Esta é a primeira grande lição que todo SER HUMANO precisa aprender para saber conviver consigo e com as suas verdades. Só assim vai aprender a ser independente e entender que a vida se conhece exercendo o Livre-Arbítrio.

Você já fracassou? Ótimo. Agora já sabe como não se faz. Daqui para frente faça de acordo com as suas verdades. Difícil? Claro que é. Se fosse fácil esta não seria uma das etapas de nossa evolução. Saber vencer este ponto é efetivamente “passar de ano” na Escola da Vida.


Saul Brandalise Jr


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...