Pesquisar este blog

Tradutor

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O doce lado da inveja...

Não há como fugir: alguma hora, a grama do vizinho é – e sempre será - mais verde.
Não adianta termos o que precisamos. Estamos sempre em busca de mais.
Não importa se não nos cabe, não interessa se aquilo não nos trouxer a menor alegria no final.
A verdade é que sem auto-conhecimento e sem simplicidade, a vida pode parecer pequena demais diante de tanto sonho.
E o sentimento que fica?
Uma insatisfação ali, uma inveja que volta-e-meia a gente tenta esconder. E a gente jura de pé junto que não sente nada de ruim no peito. Afinal, crescemos com a idéia de que tudo isso é feio. Muito feio. É, eu concordo que inveja é um sentimento vagabundo.
Mas, se prestarmos atenção, é possível transformar o tal pecado em algo bem mais proveitoso. Quer ver só? Sentiu um incômodo ao saber que sua amiga foi promovida e ganhou um aumento inacreditável? Bom, pra começar, sorria. De coração.
Recicle o sentimento dentro de você. Comemore com ela, pegue-a como exemplo e transforme aquelas invejazinha em pura fonte de inspiração.
Mas, entenda uma coisa: a ordem não é copiar ninguém. (Afinal, onde está sua personalidade?). Encontre seu estilo, seu jeito de lidar com a vida, suas próprias limitações. Descubra-se. Se aceite. E mãos à obra!
Eu, por exemplo, invejo deliciosamente a escritora Adélia Prado. Cada frase dela é, para mim, um abalo no meu possível orgulho, um aviso que eu ainda não estou preparada, um ensinamento contínuo de que – sim! - podemos ser melhores a cada linha.
Pois bem. Era isso o que eu queria dizer em tempos de muitos pecados e ligeiras confissões. Sentimentos pouco nobres habitam todos nós e não há como fugir disso.
O importante é o que iremos fazer com eles. E o que eles poderão fazer com a gente...(Se deixarmos).

Fernanda Mello

Obs: O que é a cara desse menino da foto? Que figurinha! Adorei!

8 comentários :

  1. Vc aponta a melhor solução para esse sentimento q faz mal a nós: autoconhecimento. Quando nos conhecemos, nos alegramos com as conquistas alheias, pois sabemos q temos o nosso lugar no mundo e só de nós depende melhorar. O autoconhecimento vem acompanhado da autoconfiança, do autoamor e do autoperdão. E assim vamos construindo uma pessoa melhor. Muita paz!

    ResponderExcluir
  2. ADOREI O TEXTO E ACREDITO QUE O CAMINHO É ESSE SE ESPELHAR EM EXEMPLOS E TENTAR MELHORAR É BEM LEGAL!ÓTIMO DIA,BJS.

    ResponderExcluir
  3. A gente se recicla, se renova, se aprimora, vira encanto, poesia.

    Adorei passar por aqui =)

    beeeeijo moça

    ResponderExcluir
  4. Lindo seu blog, adorei aqui!
    A verdade é que temos que reciclar todo e quaisquer sentimento ruim que passe por nosso coração mesmo que por um segundo!

    bjokitas com carinho!

    ResponderExcluir
  5. oiiii Sheila que legal seu blog!! um encanto sabia? bem meu estilo,vai ver que por esse motivo gostou do meu..rs...fiquei muito feliz com sua visita querida!!! suas palavras me alegraram e espero você sempre lá no café com bolacinha tomando um café comigo ta?..
    Esse texto é muito bacana..falou sobre simplicidade,renovar nossa vida,se dar conta que sentimentos como inveja etc..existem e nós snetimos pois somos seres humanos,o importante é reconhecer e fazer diferente..
    muitos beijos..
    meu blog não tem a parte de seguidores,mas te adicionei nos blogs que eu sigo..
    amei estar aqui..
    ahh..eu tenho gato..a foto dele esta lá da uma olhada...Lí que você tem também..rss
    beijos querida
    titi

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o testo...temos que prestar atenção em nós mesmos....

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o testo...temos que prestar atenção em nós mesmos....

    ResponderExcluir
  8. Muito bom texto, temos que prestar mais atenção em nós mesmos...

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...