Pesquisar este blog

Tradutor

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Encare a vida com leveza...



Que tal parar de reclamar dos caminhos que a vida traça para você? Livre-se de tudo que lhe faz mal e melhore sua vida

Nesta semana, quero que você aprenda um exercício para conseguir se livrar da tristeza. Mas, antes disso, quero ajudar você a lidar com o desapontamento, uma das grandes causas desse estado de espírito.Você já percebeu como nos frustramos por esperar muito das pessoas? Esse é um grande erro!
É difícil compreender como,muitas vezes, mesmo as pessoas mais queridas são incapazes de dar o que queremos — ou simplesmente não querem dar. Afinal, todos são livres para fazer as próprias escolhas.Você aceita isso? Não, né? Ninguém aceita uma recusa...

Onde eu quero chegar? Se você não esperar nada de ninguém, dificilmente ficará triste. Repito: não espere nada de ninguém. Se vier, ótimo; se não, siga em frente, sem alimentar o 'pobre de mim'.

E quer saber? Eu posso me desapontar comigo mesmo... Então, também não espero nada de mim. Viu só? Ao incorporar esse raciocínio, você conseguirá aquela leveza de que tanto precisa. Fica aí mais um toque pra você refletir. Agora, procure um local bem agradável, relaxe e leia o trecho abaixo:

'Eu estou aqui. Vivo a vida com os desafios que ela me traz. Eu não sou uma coitada. Não me encaro mais como uma vítima da situação. Eu me solto — e assumo minha coragem! Assumo minha vontade de seguir e a necessidade de me pôr pra cima. Digo o que quero, expresso meus sentimentos como eles são.

Sim, eu posso deixar que as pessoas cuidem dos problemas delas — e eu assumo os meus. Eu posso me pôr para cima sem esperar nada de ninguém,porque sou livre pra aproveitar tudo que há ao meu redor. Eu decidi ser engraçada, ter humor e não levar as coisas tão a sério. Eu posso encarar as coisas com seriedade, mas sorrir sempre.

Eu posso sorrir, eu posso jogar fora a mágoa, a tristeza, o desapontamento e as desilusões. Hum, que bom jogar fora as desilusões! Mais do que tudo isso, eu me aceito. Sou assim mesmo e aceito que tenho uma série de defeitos e fraquezas — características que as pessoas consideram inadequadas. Mas é o que eu sou, é desse jeito que eu sei fazer. Quero estar bem comigo. Os outros não fazem por mim. Eu me viro — e vivo muito bem!'

Ah, como isso é gostoso, não é mesmo? Você já reparou como há muitos recursos que você pode usar para se sentir melhor? Observe bem: quando você está numa situação delicada, muitas coisas podem acontecer para indicar a você um caminho — esta coluna, por exemplo. De repente, você está pra baixo, e esta revista traz uma mensagem que pode aliviar sua tristeza.

Viu só? Então, existem muitos recursos que nos garantem a certeza de dizer assim: 'Aconteça o que acontecer, eu me viro. Eu vou arriscar'. Pois é, um dos grandes segredos para sair da tristeza é arriscar. Então, vamos lá! Arregace as mangas, pise fundo e ponha uma coisa em mente: a gente sempre terá de enfrentar problemas na vida. Então, encare-a com boa-vontade, de coração aberto, com o seu melhor.

Não... a vida não caminha de acordo com os nossos sonhos. E não faz mal que seja assim. O importante é que ela segue, e que há sempre um mistério que pode nos encantar.

Luiz Gasparetto

2 comentários :

  1. Que paz teu cantinho me trouxe.
    Quanta suavidade e leveza... me senti em casa.
    E já puxei a cadeira pra sentar. :)

    Deixo sorrisos e te levo comigo.

    ResponderExcluir
  2. A sua energia Sheila, já faz parte de minha casa...deixo os toques dos sinos energizando tudo e vou embora...quando volto a energia positiva está no ar, vibrando...esta madrugada ouvi os sinos lá fora, mas não haviam nenhum...bjos

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...